Início Site

MP já registrou 15 procedimentos sobre “fura-fila” da vacina no Maranhão

0

O Ministério Público do Maranhão tem acompanhado a vacinação contra a Covid-19 desde a fase de planejamento até a execução, cobrando transparência no processo. Até esta terça-feira, 26, foram registrados 15 procedimentos que tratam do tema fiscalização da vacinação em vários municípios do estado. Para resguardar os processos investigatórios, ainda não serão divulgados maiores detalhes das ocorrências.

Além da atuação dos promotores de justiça nas comarcas, acompanhando a vacinação para que não haja irregularidades, a Ouvidoria do MPMA também começou a receber pedidos de informações e denúncias sobre a campanha de imunização nos municípios.

Após o recebimento das demandas, a Assessoria Jurídica da Ouvidoria realiza uma primeira triagem, encaminhando as denúncias às Promotorias responsáveis. Caso seja comprovada a vacinação fora da ordem de prioridade, todos os envolvidos podem ser punidos, inclusive criminalmente, após a instauração regular de processo judicial.

Para dar suporte à atuação dos promotores de justiça nas comarcas, o Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (Caop-Saúde) emitiu ofício, no dia 20 deste mês, orientando que sejam notificados os secretários municipais de Saúde para que seja obedecida a fila de prioridade na vacinação contra a Covid-19.

Além disso, os promotores de justiça devem requisitar informações sobre o cumprimento dos critérios de prioridade, a atualização diária do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização e a lista das pessoas vacinadas.

Covid-19: Governo do MA agora alerta para ocupação de UTIs, mas fechou leitos

0

O Governo do Maranhão apresentou ontem (25) dados de aumento da ocupação de leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 para sustentar uma nova narrativa de necessidade de medidas restritivas no estado.

Em tom de alarme, a SES culpou as festas de fim de ano pela recente alta e cobrou da população, mais uma vez, que cumpra medidas de distanciamento.

Chegou a proibir até mesmo pequenos eventos e reuniões – e depois voltou atrás (reveja).

O governo só não explica por que fechou tantos leitos que haviam sido instalados exclusimanete para o tratamento do novo coronavírus.

Os números são absurdos.

E tudo fica ainda pior quando lembramos que há quase um ano, quando das primeiras restrições impostas, a alegação era a de que se precisava de tempo para dotar a rede pública de saúde de estrutura necessária para receber os doentes.

Foram adquiridos respiradores, montados hospitais de campanha, contratados profissionais.

Obtiveram o tempo para isso à custa de lockdown e afins, instalaram os leitos e, na primeira folga, os fecharam. Muito provavelmente para economizar verba federal.

E agora querem novamente penalizar o cidadão e a economia como se não tivessem nenhuma responsabilidade pelo rumo que as coisas estão tomando.

Araioses e Godofredo Viana ainda não vacinaram ninguém

0

Dos 217 municípios do Maranhão, apenas dois ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19.

Em Araioses e Godofredo Viana nenhuma dose dos imunizantes foi aplicada.

Os dados são do “Vacinômetro”, plataforma de acompanhamento da vacinação lançado nesta semana pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), em consulta feita pelo Blog do Gilberto Léda na manhã desta terça-feira (26).

Segundo o levantamento, Araioses recebeu 224 doses da CoronaVac. Já Godofredo Viana, 29.

Flávio Dino, Covid-19, Carnaval e eleições

0

Na esteira da proibição à realização do Carnaval no Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) prepara-se para editar novas medidas de distanciamento social sob o argumento de que precisa conter o avanço do novo coronavírus.

Quer endurecer as regras.

Uma reunião já foi realizada no Palácio dos Leões neste fim de semana.

Dino, no entanto, aparentemente sofre do mesmo mal que o Ministério Público: preocupação seletiva.

Não se viu nenhum movimento do comunista durante as eleições que levasse a crer que aquelas aglomerações em passeatas, carreatas, convenções e afins. Ao contrário: o governador chegou a convidar eleitores para atos de rua.

Mas essa diferença de postura pode ter uma explicação plausível – muito embora seja difícil acreditar que Dino admitiria isso. Nas eleições, os candidatos dele estavam sempre atrás nas pesquisas, tanto no 1º, quanto no 2º turno.

E barrar atos de campanha nas ruas só os prejudicaria.

Só mais uma prova de que não existe lá muita Ciência por trás desse tipo de decisão. Há muita conveniência, muito oportunismo…

Maranhão já vacinou 21,4 mil contra Covid-19

0

O Maranhão já alcançou a marca de 21.491 pessoas vacinadas contra Covid-19.

Os dados são do perfil Coronavírus Brasil no Twitter, compilqdos a partir de informações repassadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O estado chega hoje (25) a uma semana desde o início da imunização.

No país inteiro, de acordo com o mesmo perfil, já foram vacinados 613 mil.

São Paulo tem o maior número de imunizados: 130 mil.

São Luís receberá 14,7 mil doses da vacina de Oxford; veja lista por município

0

O Governo do Maranhão recebeu, no início da tarde deste domingo (24), o primeiro lote da vacina de Oxford/AstraZeneca enviado pelo Ministério da Saúde. São 48.500 doses que serão distribuídas por todo o estado, à medida que os municípios alcançarem 70% de doses aplicadas da CoronaVac.

Com a chegada do novo lote de vacinas, o governador Flávio Dino anunciou que será acrescentada uma nova diretriz ao Plano Estadual de Vacinação do Maranhão: prioridade aos pacientes que estão em tratamento de radioterapia, quimioterapia e hemodiálise, mediante apresentação de laudo e autorização médica.

Veja lista de distribuição das doses por município.

Centro Municipal de Vacinação contra a Covid em São Luís estará aberto neste sábado (23)

0

O Centro Municipal de Vacinação contra a Covid-19 estará aberto neste sábado (23), das 8h às 17h, para atendimento aos profissionais de Saúde. Continuarão sendo vacinados profissionais de saúde acima dos 60 anos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), a abertura no sábado visa facilitar o acesso dos usuários ao polo referência para a imunização na capital.

No primeiro dia da campanha, na terça-feira (19), das 15h às 17h, foram vacinadas 267 pessoas. Na quarta-feira (20), foram 2.102 pessoas imunizadas no local. Já na última quinta-feira (21), o Centro registrou 2.437 vacinados.

Ao chegar à Central, a pessoa recebe uma senha para atendimento no setor de triagem. Nesta etapa, o profissional de saúde entrega a declaração oriunda do seu local de trabalho (onde está lotado), além de apresentar documento com foto e a carteira profissional de exercício da função.

Após a checagem, o usuário é encaminhado a um dos 10 pontos de vacina montados no Multicenter Sebrae com um total de 22 vacinadores, com capacidade de aplicarem uma média de 200 doses por hora. Depois de receber a dose, o profissional aguarda por alguns minutos no setor pós-vacina, montado especificamente para avaliar possíveis efeitos adversos do imunizante.

Logística

Para o secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes, todo o trabalho logístico necessário para o funcionamento da Central foi feito com sucesso. “A população em geral tem elogiado nosso trabalho, fruto do empenho da equipe envolvida na organização do espaço. Além da segurança, executamos um serviço que há tempos era esperado pelas pessoas”, afirmou.

Até o momento, nenhum paciente queixou-se de efeito do imunizante. Em média, todo o atendimento dura meia hora e são respeitados critérios de distanciamento social (cadeiras separadas para a avaliação inicial). Em toda a área interna da Central, estão disponíveis totens para aplicação do álcool em gel nas mãos.

Foram incluídas, ainda, no Centro Municipal de Vacinação, demarcações no solo para separação dos usuários na entrada das salas de imunização e os frequentadores da Central (ou seja, quem vai se vacinar e corpo técnico) são obrigados a portar máscaras.

Derrota na Famem pode ser entrave para projeto 2022 de Brandão

0

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (Republicanos), apostou alto na eleição da Famem – perdida ontem (14) pelo seu candidato, Fábio Gentil (Republicanos), em disputa contra o atual presidente, Erlanio Xavier (PDT), agra reeleito (saiba mais).

O republicano sabe que a entidade, politicamente, não representa lá muita coisa numa disputa estadual. Mas ele entende claramente, também, que, mais do que eleger o presidente da Federação, era importante mostrar força.

E quem mostrou força foi Weverton Rocha (PDT), com Erlânio.

Isso não muda o fato de que Brandão, em 2022, assim que sentar na cadeira de governador, será candidato à reeleição.

Mas política se faz (e muito) com expectativa de poder.

E ao precisar tratar com prefeitos para articular a candidatura de Gentil na Famem, Brandão mostrou que não está com esse prestígio todo entre a classe política maranhense.

E olha que ele fez quase tudo sentado na cadeira de governador – exatamente como certamente estará daqui a um ano.

Brandão apostou alto.

Braide anuncia hoje Plano Municipal de Vacinação contra o novo coronavírus

0

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, concederá entrevista coletiva nesta sexta-feira (15), às 11h, para anunciar o Plano Municipal de Vacinação contra o novo Coronavírus.

A coletiva será realizada no auditório da Prefeitura Municipal de São Luís, na Praça Pedro II.

Drª Cleide leva Mais Renda para quatro cidades

0

Desde o dia 04 de janeiro, o programa MAIS RENDA da Secretaria de Desenvolvimento Social, iniciou a primeira etapa do projeto nas cidades de Paraibano (04/01-13/01); Passagem Franca (20/01-29/01); Colinas (01/02-10/02) e Matões (22/02-03/03).

Nesta etapa o programa está ofertando cursos de capacitação e treinamento nas atividades de cabeleireiro e manicure, qualificando pessoas ao mercado de trabalho ou para abrirem seus próprios negócios.

Estas cidades foram beneficiadas graças ao trabalho da Deputada Estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT) em parceria com o Secretário de Estado, Márcio Honaiser.

“Uma pessoa qualificado tem mais possibilidade para conseguir trabalho ou se empregar.  Junto com o Secretário Márcio Honaiser, vamos ampliar este programa para mais municípios, ajudando centenas de maranhenses a construírem uma vida melhor a partir de suas habilidades e capacidades. ” Disse, entusiasmada, Dra. Cleide.