Início Site

Polícia Rodoviária Federal dá início a operação de carnaval no Maranhão

0

Com o grande fluxo de veículos nas rodovias federais a Polícia Rodoviária Federal vai dar início, nesta sexta-feira (21), a Operação Carnaval 2020 que seguirá até a quarta-feira de Cinzas (26). A ação é mais uma etapa da Operação RodoVida 2019 / 2020.

A polícia adverte para a proibição do uso de álcool ao volante, quando as equipes estarão postadas ao longo das rodovias para coibir excessos. A grande quantidade de chuvas previstas para o período, aliada aos buracos na via também são motivos de preocupação.

As condutas consideradas mais danosas, sendo o excesso de velocidade, as ultrapassagens indevidas e a falta de equipamentos de segurança como capacete, cinto de segurança ou dispositivos de retenção para crianças, serão fiscalizadas com maior constância durante o carnaval.

No período, a fiscalização receberá incremento do reforço de policiais e equipamentos, inclusive de bafômetros. O valor da multa por embriaguez é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por um ano. Quem se negar a soprar o aparelho também receberá multa no mesmo valor. Os policiais estarão atentos quanto ao uso do cinto de segurança para todos os ocupantes do veículo e para as ultrapassagens irregulares.

Restrição de tráfego para veículos longos

Com a finalidade de promover a fluidez do trânsito neste período de maior movimentação nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal restringirá, bem determinados dias e horários, o trânsito de Combinações de Veículos de Carga e demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET).

As restrições são válidas apenas em rodovias federais de pista simples.

Confira abaixo os dias e horários das restrições:

21/02/2020 (sexta-feira) – das 16h às 22h

22/02/2018 (sábado) – das 06h às 12h

25/02/2018 (terça-feira) – das 16h às 22h

26/02/2018 (quarta-feira) – das 06h às 12h

Campanha da Polícia Rodoviária Federal

Wellington do Curso exige reunião com Flávio Dino para cobrar recuperação das rodovias no Maranhão

0

O deputado estadual Wellington do Curso protocolou, nesta sexta-feira (20), ofício em que solicita uma agenda com o governador Flávio Dino.

O pedido do parlamentar foi motivado após Flávio Dino solicitar audiência com o presidente da República para ajudar a resolver os problemas nas rodovias federais, embora as rodovias estaduais, de competência do Maranhão, estejam em péssimas condições.

Ao falar sobre a questão, Wellington do Curso disse ser inadmissível um governador se oferecer para solucionar problemas, quando o próprio estado sofre com a falta de ações e infraestrutura, a exemplo das MA’s.

“Se no Maranhão, as rodovias estaduais estivessem em boa condição, não falaríamos nada. Ocorre que Flávio Dino se oferece para ajudar o presidente do Brasil em rodovias federais, mas esquece que não consertou sequer as rodovias estaduais. Estão intrafegáveis! A população reclama, dia e noite, da falta de infraestrutura. Por isso, apresentamos a solicitação a fim de garantir uma reunião para mostrar ao governador as solicitações dos maranhenses”, disse Wellington.

Confira o pronunciamento do deputado no vídeo abaixo:

Brasil tem apenas um caso suspeito do coronavírus

0

O Brasil tem, atualmente, apenas um caso suspeito do novo coronavírus (Covid-19). Trata-se de uma criança de 2 anos de idade, em São Paulo, considerada suspeita desde a última quarta-feira (19) por ter um histórico de viagem à China, mas não à Wuhan, o epicentro da contaminação. A informação foi dada por representantes do Ministério da Saúde, na quinta-feira (20), em Brasília.

O ministério, no entanto, continua atento ao surto ocorrido na China e trabalha com a possibilidade de aumento dos casos suspeitos, principalmente a partir do final de abril, quando as doenças respiratórias começam a aparecer no país.

De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson de Oliveira, existe uma série de circunstâncias que freiam o aparecimento de vários casos suspeitos, como a quarentena imposta na China, o fato do Brasil estar no verão e não termos voos diretos para aquele país. Mas um aumento não é descartado.

“Não quer dizer que não possa aumentar. Podemos ter mudanças de definição de casos no futuro se um outro país entrar como área e transmissão ocidental. É muito dinâmico e prematuro dizer que vai continuar baixo”, disse.

Segundo o ministério, os exames têm sido feitos com maior celeridade e, com isso, casos considerados suspeitos são descartados rapidamente e sequer entram no balanço diário da pasta.

Ainda não existe nenhum caso confirmado na América do Sul. Até o momento, 75.778 casos foram contabilizados no mundo, conforme dados da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos. Só a China reúne 74,5 mil casos.

Curas e idosos

O Ministério da Saúde tem acompanhado o crescente número de pessoas curadas, sobretudo na China. Atualmente, são 16.882 curados. Segundo o Wanderson de Oliveira, tratamentos específicos têm sido testados, mas as curas estão ocorrendo “de forma espontânea”.

“Essas curas estão ocorrendo, quase que a totalidade delas, de forma espontânea. É o organismo da pessoa. Mais de 80% dos casos na China são de moderados a leve. Isso não quer dizer que foi um tratamento específico que curou aquelas pessoas e sim o tratamento sintomático, o isolamento, [o uso de] respiradores, ou seja, toda uma conduta para evitar que essas pessoas evoluíssem para casos graves e óbitos”.

Outra tendência verificada é a letalidade maior em idosos. Se em crianças e adultos até cerca de 40 anos de idade o número de mortes beira o zero, a partir de 60 anos de idade essa curva aumenta rapidamente, chegando a 15% de mortes entre pessoas de 80 anos de idade.

“Os casos graves e de óbito na China estão totalmente concentrados em pessoas acima de 60 anos de idade. Isso é importante para nós nos prepararmos para o caso de haver a situação do vírus no Brasil. A nossa preocupação terá que ser preferencialmente os idosos”, disse o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo.

Ônibus em São Luís terão rotas e horários alterados durante o carnaval

0

De sábado (22) de carnaval até quarta-feira (26) de cinzas, o transporte público de São Luís terá frota reforçada, de acordo com a Prefeitura de São Luís.

Segundo a determinação, todas as linhas e serviços do Sistema Municipal de Transporte Urbano que se destinam ao Centro de São Luís, deverão operar, a partir das 12h do sábado (22) até às 12h de quarta (26), com frota total prevista para os dias uteis.

Ainda assim, o folião precisa estar atento às rotas dos ônibus da capital que serão alteradas por conta da programação de Carnaval na Avenida Beira-Mar, Avenida Vitorino Freire, Anel Viário e da Ponte do São Francisco.

Ponte do São Francisco

As linhas vindas pela Ponte do São Francisco com destino ao Terminal da Praia Grande e ao Centro da cidade deverão retornar na Avenida Castelo Branco, entrando na Rua das Paparaúbas (Posto Gasolina Helio Viana), Avenida Ferreira Gullar, Avenida Carlos Cunha (Banco Brasil), Ponte Bandeira Tribuzzi, Camboa, Avenida Venceslau Brás, Canto da Fabril (Receita Federal), Praça Deodoro, Rua Gomes de Castro, Rua da Paz, Praça João Lisboa, Avenida Magalhães de Almeida, Fonte do Bispo, Anel Viário e continua itinerário normal.

Avenida Getúlio Vargas

As rotas vindas pela Avenida Getúlio Vargas, Travessa do Galpão, Praça Deodoro com destino ao Terminal de Integração da Praia Grande, via Rua Rio Branco deverão vir pela Rua Gomes de Castro, Rua da Paz, Praça João Lisboa, Avenida Magalhães de Almeida, Fonte do Bispo, Anel Viário e continua itinerário normal.

Ponte Bandeira Tribuzzi

As linhas vindas pela Ponte Bandeira Tribuzzi e pela Camboa deverão ser desviadas para a Avenida Venceslau Brás, Canto da Fabril (Receita Federal), Praça Deodoro, Rua Gomes de Castro, Rua da Paz, Praça João Lisboa, Avenida Magalhães de Almeida, Fonte do Bispo, Anel Viário e continua itinerário normal.

Avenida Kennedy e Africanos

As vindas da Avenida Kennedy e Avenida dos Africanos, quando do retorno aos bairros, haverá alteração nas rotas, que serão desviadas na rotatória da Fonte do Bispo, Avenida Cajazeiras, Avenida Alexandre Moura, confluência com Avenida Beira-Mar (Távola Center), Avenida Kennedy, Bairro de Fátima, Avenida dos Africanos e continua itinerário normal.

Barragem do Bacanga

As linhas vindas pela Barragem do Bacanga, quando do retorno aos bairros, haverá alteração nas rotas, que serão desviadas na Rotatória da Fonte do Bispo, Avenida Cajazeiras, Avenida Alexandre Moura, confluência com Avenida Beira-Mar (Távola Center), Avenida Kennedy, Bairro de Fátima, Avenida dos Africanos, Rotatória Bacanga e continua itinerário normal.

Transporte Semiurbano

O transporte semiurbano e Expresso Metropolitano, coordenado pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), do Governo do Estado, estará também com a totalidade da frota disponível para o período carnavalesco, sendo reforçado o serviço na capital com ônibus extras.

Além da frota, serão mais 13 veículos que irão circular entre os municípios da Grande Ilha – São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar. O serviço será intensificado das 23h às 4 horas da manhã.

“Tiro acidental”: adolescente de 16 anos morre após ser baleado por policial militar no Maranhão

0

Na última quarta-feira (19), um adolescente de 16 anos, identificado como Pablo Ruan Figueiredo, morreu após ser alvejado com um tiro disparado por um policial militar. O caso aconteceu na cidade de Coelho Neto, em um riacho na zona rural do município, durante uma operação realizada pela PM.

Segundo a Polícia Civil, o adolescente estava trafegando na garupa de uma moto, que era pilotada por um amigo dele. Durante o trajeto, os dois jovens foram surpreendidos por uma viatura da PM.

Um dos policiais, identificado como cabo Macedo, que é lotado na 3ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar, apontou a arma para o adolescente e acabou disparando um tiro no rosto da vítima.

Pablo Ruan Figueiredo ainda foi levado ao hospital, mas morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

Nesta quinta-feira (20), o cabo Macedo se apresentou no quartel da PM em Caxias, acompanhado de um advogado. Em depoimento, o PM disse que o tiro foi acidental. Como o policial se apresentou espontaneamente, ele foi liberado.

A Polícia Civil do Maranhão abriu inquérito para investigar o caso.

Pablo Ruan Figueiredo (16 anos)

Crise na segurança pública do Ceará faz Bolsonaro autorizar uso das Forças Armadas

0

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (20) um decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas no Ceará, a pedido do governador Camilo Santana.

O estado vive uma crise na área de segurança pública, agravada pela paralisação de parte dos policiais militares, que estão amotinados em quarteis e batalhões. Por lei, policiais militares não podem fazer greve.

O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União e vale pelo período de 20 a 28 de fevereiro.

“Acabei de assinar a GLO para Fortaleza [na verdade, para todo o Ceará], o governador preencheu os requisitos”, disse Bolsonaro na porta do Palácio do Alvorada, residência oficial. O presidente aproveitou para pedir que o Congresso aprove o projeto de lei que flexibiliza o conceito de excludente de ilicitude para agentes de segurança durante operações desse tipo.

“Deixo bem claro uma coisa, a gente precisa do Parlamento para que seja aprovado o excludente de ilicitude. A minha consciência fica pesada nesse momento, que tem muitos jovens de 20, 21 anos de idade, que vão estar na missão. Vão cumprir uma missão que se aproxima de uma guerra, e depois, caso venha qualquer problema, podem ser julgados por lei de paz. Temos que dar garantia jurídica, retaguarda jurídica para esses militares das Forças Armadas que estão nessa missão. É irresponsabilidade nós continuarmos fazendo essa operação sem dar a devida garantia para esses integrantes das Forças Armadas”, acrescentou Bolsonaro.

Na quarta-feira (19), o senador licenciado Cid Gomes, do Ceará, foi atingido por dois disparos de arma de fogo ao tentar furar um bloqueio feito por policiais grevistas no 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral, cidade a 275 quilômetros de Fortaleza. Depois de realizar uma cirurgia de emergência na cidade, o senador foi transferido para a capital e está fora de perigo.

Em postagem nas redes sociais, o governador Camilo Santana agradeceu a autorização dada pelo presidente da República.

“Acabo de receber telefonema do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, informando que o presidente acaba de atender a nossa solicitação autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no estado do Ceará. Já havia sido autorizada também a presença da Força Nacional, aqui no estado, para atuar em conjunto com nossas forças de segurança. Todo o esforço será feito para garantir a proteção dos nossos irmãos e irmãs cearenses. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pelo apoio do Governo Federal neste momento”, publicou Santana.

Segundo o decreto de GLO, caberá ao ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, definir o comando responsável pela operação e alocação dos militares no estado.

Força Nacional

Além das Forças Armadas, um grupo de agentes da Força Nacional de Segurança Pública embarcou para Fortaleza nesta quinta-feira. O envio da Força Nacional ao Ceará foi determinado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, após solicitação do governador Camilo Santana em meio à crise de segurança no estado.

Inicialmente, eles ficarão no estado por 30 dias. A portaria, autorizando a medida, está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (20). Em 2019, o governo federal já havia enviado a Força Nacional para conter uma onda de violência no estado nordestino.

Inicialmente, o grupo ficará no estado por 30 dias

Fantasias: saiba o que está proibido pelo Governo no carnaval do Maranhão

0

Finalmente é sexta-feira de carnaval e todo mundo já está ansioso para cair na folia e aproveitar as várias atrações no carnaval desse ano no Maranhão. Com grandes nomes do cenário musical regional e nacional, o carnaval de 2020 no estado promete ser um dos maiores até o momento.

Boa música, maquiagem aos montes e muitas fantasias são esperadas, mas nem tudo está permitido. A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP/MA) divulgou uma portaria que vai controlar as atividades do carnaval em todo o estado, incluindo clubes sociais permanentes e outros pontos.

Um dos pontos é que está proibido, por exemplo, o uso de fantasias, adornos ou brincadeiras que atentem contra a moral ou decoro familiar.

A portaria de nº 172/2020, foi assinada nessa quinta-feira (20) pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Jefferson Miler Portela e Silva.

O documento leva em consideração alguns fatores, como a competência do Poder Público na autoexecutoriedade do poder de polícia, intervindo em atividades que possam causar prejuízos ao interesse público.

Nesse sentido, ficou proibido o uso das fantasias, adornos ou brincadeiras que, de alguma forma, atingirão a honra das pessoas que estiverem presentes nos eventos ou o próprio sujeito.

A questão é bem relativa, visto que não é proibição sobre itens específicos, mas à noção sobre a justiça, à ação e dever dos cidadãos.

Mais proibições

  • Realização de qualquer festejo que tenha o propósito de explorar a degradação humana por seus vícios ou defeitos, ou ainda apologia desses males.
  • A entrada em clubes ou associações e similares de pessoas em estado de embriaguez, tal que seu comportamento seja inconveniente à ordem, ao decoro e aos bons costumes.
  • Venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, ficando os infratores sujeitos às sanções legais. Além do emprego de substâncias líquidas, voláteis, em pó ou sob forma de graxas, em qualquer local ou situação.
  • As pessoas não poderão portar bebidas em recipientes de vidro, objetos pontiagudos.
  • Não será permitida a ocupação de espaços públicos com cadeiras, mesas, barracas, bancas e similares, com fins comerciais ou não, em áreas que impeçam ou dificultem o livre deslocamento e o acesso de viaturas policiais e de fiscalização.

Qualquer irregularidade detectada poderá levar os policiais e demais pessoas da fiscalização a suspenderem o evento, com o registro de Boletim de Ocorrência (BO).

Crianças e adolescentes? Só com autorização

A 1ª Vara da Infância e da Juventude de São Luís publicou uma portaria para as situações em que se exige alvará e as regras para entrada e permanência de menores em bailes carnavalescos e nos desfiles, as regras constam na portaria nº 380/2020.

A portaria foi assinada pelo juiz titular da 1ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de São Luís, José Américo Abreu Costa.

China já registra mais de 2 mil mortes pelo coronavírus (Covid-9)

0

O número de mortos na China por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, chegou a 2.114, na última quarta-feira (19), conforme informado pelas autoridades de saúde locais.

O total de casos confirmados no país ficou em 74.639. Estes números incluem o balanço do dia da Organização Mundial da Saúde (OMS) mais a atualização da província de Hubei.

Mais números da epidemia em Hubei

Somente na província de Hubei, epicentro do coronavírus na China, foram registradas mais 108 mortes e 349 novos casos confirmados da doença entre esta terça (18) e quarta-feira (19).

Na região, são 59.989 pacientes com o vírus e 1.789 mortes desde o início do surto.

10.337 pacientes receberam alta do hospital, 43.745 pessoas estão em tratamento hospitalar e 65.525 estão sob observação médica.

Os números de novos casos na região estão caindo há uma semana. Os dados apresentados pela OMS, na manhã desta quarta-feira (19), ainda não têm os números atualizados dos novos casos apresentados pela província chinesa.

Duas mortes no Diamond Princess

Autoridades do governo japonês informaram que dois passageiros do navio Diamond Princess morreram em decorrência do novo coronavírus. São as duas primeiras mortes entre os ocupantes da embarcação.

Os passageiros que morreram eram um homem e uma mulher, ambos na faixa de 80 anos de idade.

Com isso, o total de mortes no Japão chegou a três. A primeira vítima do vírus no país morreu na quinta-feira da semana passada (13).

O navio de cruzeiro Diamond Princess está ancorado no Porto de Yokohama, próximo a Tóquio. Os passageiros estão em quarentena desde o último dia 5, determinada pelo governo japonês por causa do surto do novo coronavírus.

Novos desembarques do navio

2 passageiros do Diamond Princess morreram

O segundo grupo de passageiros do navio Diamond Princess, afetado pelo novo coronavírus, deixará a embarcação nesta quinta-feira (20). A infecção foi confirmada em 621 passageiros e tripulantes.

Segundo o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão, pessoas que testaram negativo para o vírus e não apresentam sintomas estão recebendo permissão para desembarcar desde ontem, após um período de quarentena de 14 dias.

A pasta informou que 443 pessoas deixaram a embarcação, sendo que 90% delas são japonesas. Disse ainda que aproximadamente mais 50 pessoas devem desembarcar hoje e que metade delas não é japonesa. Espera-se que a maioria dos passageiros desembarque do Diamond Princess até esta sexta (21).

Barra do Corda: Delegacia da Mulher usa slogan ‘brota na DP’ em campanha carnavalesca no Maranhão

0

‘Brota na DP pro desespero do seu ex’. Esse é o slogan de Carnaval da Delegacia da Mulher de Barra do Corda, a 462 km de São Luís. A ação visa conscientizar e combater o assédio e a violência de gênero durante o período carnavalesco.

“O carnaval de Barra do Corda é um carnaval grande e pensamos em criar uma forma de chegar mais perto da população. A informação é o primeiro passo para que a mulher se sinta encorajada a denunciar, porque às vezes ela nem sabe que é crime. Então pensamos em ser bem diretos e numa linguagem que todo mundo entenda”, disse a delegada Verônica Serra.

Além das ações com camisas e cartazes, a delegacia usa redes sociais para atrair o público feminino e encorajá-las a denunciar homens violentos ou assediadores. Há até paródias com marchinhas reforçando o tema.

Ainda segundo a delegada Verônica, a ideia da campanha no Carnaval serve para divertir, mas o principal foco é usar as marchinhas como meio de fixar a mensagem contra a violência de gênero.

“Surgiu a ideia das marchinhas, com informações para quebrar o ciclo da violência. As marchinhas, aproveitando o período carnavalesco, seria divertido e entraria na cabeça das pessoas. A que mais viralizou foi a ‘brota na DP'”, explica a delegada.

Durante o carnaval, a Delegacia da Mulher também vai entregar um abadá com o slogan ‘brota na DP’ e distribuir copos com dicas de segurança relacionadas a violência de gênero.

O objetivo é, no fim do Carnaval, obter uma redução no número de crimes na cidade.

Bullying: aluno é obrigado a usar camisa com a palavra “empréstimo” em escola pública de São Paulo

0

Na cidade de Americana, no Estado de São Paulo, uma escola da rede estadual de ensino obrigou um aluno, que não tinha o uniforme escolar, a usar uma camiseta da instituição com a palavra “empréstimo” nas costas.

O caso aconteceu na Escola Germano Benencase Maestro, no bairro Jardim Alvorada. A foto do aluno usando a camisa viralizou nas redes sociais, e, segundo pais e responsáveis de outros alunos, a ação praticada pela direção da escola é comum e é um estímulo ao bullying.

A mãe do aluno disse, em entrevista, que não tinha dinheiro para comprar a farda do filho e avisou a direção da escola de que aguardaria receber o Bolsa Família, para poder comprar o uniforme.

“Crueldade, porque isso mexe com o psicológico da criança. Além de eu mandar um recado no caderno dele dizendo que eu ia comprar o uniforme no dia 20, com o Bolsa Família que eu recebo, né. E eu achei ridícula a atitude da diretora. A diretora me ligou e eu fui conversar com ela sobre o assunto e ela disse que a intenção era essa, era pra fazer a criança passar vergonha mesmo porque eles vêm com o celular de última geração pra escola e não tem R$ 30 para comprar uma camiseta. Mas acontece que há casos e casos. Ela não conhece a situação de cada família”, ressalta a mãe do aluno, Priscila de Lourdes Mobilom.

Segundo o dirigente regional de ensino de Americana, Haroldo Ramos Teixeira, o caso vai ser apurado, e a escola poderá sofrer uma punição administrativa.

“Não pode em nenhum momento estar escrito ‘empréstimo’ na camiseta ou alguma coisa do tipo que possa constranger uma criança”, afirmou Haroldo.