Início Site

Paradas de ônibus inadequadas são sinônimos de caos para quem depende do transporte público em São Luís

0

A vida de quem utiliza transporte coletivo em São Luís ficou mais complicada com a chegada do período chuvoso, sobretudo porque muitas paradas de ônibus não têm abrigo. A ocorrência de chuva deve aumentar mais ainda nas próximas semanas na Ilha, de acordo com o setor de meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Na área do centro da cidade é possível observar a ausência de paradas com proteção, principalmente, próximo ao Colégio Liceu Maranhense e do Ginásio Costa Rodrigues. Nesta localidade circulam diariamente várias pessoas, que têm como destino escolas, trabalho ou hospitais. A funcionária pública, Ana Cláudia Azevedo, de 45 anos, disse que quando chove é necessário ficar debaixo das barracas, esperando pelo coletivo.

A aposentada Maria das Dores, de 69 anos, declarou que quando vai ao Centro não deixar de levar o guarda-chuva. “Sei que essas paradas não têm cobertura, então, fazendo sol ou chuva sempre trago guarda-chuva para a minha proteção”, frisou.

Situação semelhante acontece também em outros pontos da cidade. No Canto da Fabril, nas proximidades do Ministério da Fazenda, quem espera pelo coletivo disputa espaço sob os toldos de pontos comerciais para não se molhar.

Na parada, localizada em frente ao Hospital Aldenora Bello, no Monte Castelo o problema é o mesmo. Nesta parada estava Francimeire Bastita, de 34 anos, acompanhada da sua filha, de 9 anos. “O ponto não tem cobertura, então, irei me molhar em caso de chuva”, lamentou Francimeire Batista.

A aposentada Calmerida Lopes, de 61 anos, reclamou que na Ilha existem várias paradas de ônibus que não são cobertas. “Moro na Cidade Operária. Neste bairro, inclusive, na Avenida Principal, há pontos sem abrigo para os passageiros”, desabafou.

Mais problemas

Também é possível encontrar várias paradas com problemas em sua estrutura. Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, uma das principais da capital, vários pontos de ônibus estão danificados. Um deles fica nas proximidades do antigo Roque Santeiro, no Bequimão. A estrutura de ferro está enferrujada, os bancos quebrados e apresentando riscos.

Outro ponto está localizado no bairro do Cohafuma. Nesta parada, os bancos foram arrancados, os parafusos estão à mostra e não existe cobertura. “Creio que esse local foi alvo de vândalos”, disse Jorge Antônio Silva, de 34 anos.

Já na parada em frente ao Palácio Henrique de La Roque, no Calhau, sobrou apenas a estrutura de ferro. Não há mais assentos e teto. Usuários de ônibus disseram que esse local também sofreu ação de vandalismo e a polícia não conseguiu identificar os acusados.

O ponto de ônibus onde o caos ainda é maior fica nas proximidades do Tropical Shopping, no Renascença. Neste local há buracos, lama, lixo, bancos quebrados, a estrutura de ferro enferrujada e ainda é possível encontrar moradores de rua dormindo nos assentos. Deivison Martins, de 19 anos, contou que na terça-feira, 14, sua irmã, Bruna, de 20 anos, caiu em um dos buracos ao descer do ônibus. “Ela desceu do coletivo e, como o sinal estava fechado, tentou atravessar a via, mas acabou caindo e sofreu lesão no pé”, disse.

Os vendedores, que atuam nesse local, declararam que vários transeuntes já caíram nos buracos, inclusive, crianças e idosos. “A parada de ônibus está cheia de problemas e ficamos ilhados quando chove, e ainda tem água de esgoto escorrendo pela via”, reclamou a vendedora Antônia Mendes, de 37 anos.

Na Avenida dos Franceses a população também sofre com a ausência da estrutura

Implantação

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) informou ontem (17), por meio de nota, que os locais citados na reportagem já estão inseridos num cronograma para implantação de novos abrigos, e que atualmente estão em processo de licitação.

Três pontos comerciais foram assaltados em São Luís nas últimas 24 horas

0

Ao menos três estabelecimentos comerciais foram assaltados nas últimas 24 horas na Região Metropolitana de São Luís, de acordo com a Polícia Militar. Os crimes ocorreram no Cohatrac I, na Cidade Operária e no Loteamento Canaã.

No Cohatrac I, uma loja de celulares foi assaltada na Avenida Leste Oeste. Pelo menos dois indivíduos, utilizando arma de fogo, renderam o proprietário e levaram vários aparelhos. Dois aparelhos que estavam sendo rastreados já foram encontrados com danos.

Na Cidade Operária, o alvo dos criminosos foi uma clínica localizada na Avenida Principal. Após renderem uma recepcionista, dois homens armados levaram R$ 2 mil e celulares dos clientes.

O terceiro assalto foi registrado na Rua Raimundo Belo, no Loteamento Canaã, em uma casa de venda de jóias. Cinco indivíduos com arma de fogo levaram quatro celulares, um tablet, um veículo e a quantia de R$ 7,5 mil.

Após reajuste, governo Bolsonaro eleva salário mínimo de R$ 1.039 para R$ 1.045 em fevereiro

0

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciaram na última terça-feira (14), em Brasília, que o salário mínimo de 2020 será elevado de R$ 1.039 para R$ 1.045. Uma medida provisória (MP) será editada pelo presidente nos próximos dias para oficializar o aumento.

“Nós tivemos uma inflação atípica em dezembro, a gente não esperava que fosse tão alta assim, mas foi em virtude, basicamente, da carne, e tínhamos que fazer com que o valor do salário mínimo fosse mantido, então ele passa, via medida provisória, de R$ 1.039 para R$ 1.045, a partir de 1º de fevereiro”, afirmou Bolsonaro no Ministério da Economia, ao lado de Guedes. O presidente e o ministro se reuniram duas vezes ao longo do dia para debaterem o assunto.

No final do ano passado, o governo havia editado uma MP com um reajuste de 4,1% no mínimo, que passou de R$ 998 para R$ 1.039. O valor correspondia à estimativa do mercado financeiro para a inflação de 2019, segundo o Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, o valor do INPC acabou fechando o ano com uma alta superior, de 4,48%, anunciada na semana passada e, com isso, deixou o novo valor do mínimo abaixo da inflação. Por lei, esse é o índice usado para o reajuste do salário mínimo, embora a inflação oficial seja a medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou o ano de 2019 em 4,31%.

“Nós vamos ter que achar os recursos para fazer isso, mas o mais importante é o espírito que o presidente defendeu, da carta constitucional, que é a preservação do poder de compra do salário mínimo”, afirmou Paulo Guedes. Segundo o ministro, com o novo aumento, o impacto nas contas públicas será de cerca de R$ 2,3 bilhões, que poderão ser compensados com R$ 8 bilhões de arrecadação extra prevista pelo governo.

Até o ano passado, a política de reajuste do salário mínimo, aprovada em lei, previa uma correção pela inflação mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país). Esse modelo vigorou entre 2011 e 2019. Porém, nem sempre houve aumento real nesse período porque o PIB do país, em 2015 e 2016, registrou retração, com queda de 7% nos acumulado desses dois anos.

O governo estima que, para cada aumento de R$ 1 no salário mínimo, as despesas elevam-se em R$ 355,5 milhões, principalmente por causa do pagamento de benefícios da Previdência Social, do abono salarial e do seguro-desemprego, todos atrelados ao mínimo.

Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Benedito Leite no Maranhão é acusado de nepotismo

0

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, em 18 de dezembro de 2019, uma Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa contra o vereador de Benedito Leite, Baltazar Ribeiro de Almeida. Baltazar é acusado de nepotismo, enquanto era presidente da Câmara Municipal, devido a contratação de Joscilene Carreiro Portela para o cargo de tesoureira do órgão.

A ACP foi ajuizada pelo promotor de justiça Renato Ighor Viturino Aragão, de São Domingos do Azeitão, da qual Benedito Leite é termo judiciário.

No início de 2019, por meio da Ouvidoria do MPMA, a Promotoria de Justiça de São Domingos do Azeitão recebeu denúncias sobre a prática de nepotismo na Câmara de Vereadores de Benedito Leite. Ouvida no Ministério Público em 7 de agosto, Joscilene Portela afirmou que convive em união estável com Baltazar de Almeida desde março de 2017 e que ocupou o cargo de tesoureira da Câmara Municipal até o final de 2018.

Em seu depoimento, Baltazar disse que a sua companheira trabalhou como tesoureira na Câmara Municipal durante toda sua gestão (2017-2018) e que Joscilene não possuía conhecimentos técnicos na área de contabilidade para ocupar tal cargo. Tais circunstâncias denotam o interesse particular do ex-gestor em detrimento da lisura e eficiência do serviço público, configurando ato de improbidade administrativa.

PEDIDOS

O Ministério Público requer, a condenação dos demandados nas sanções previstas na Lei da Improbidade Administrativa, as quais incluem: ressarcimento integral do dano; perda da função pública e suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos.

Passagem Franca: Ministério Público denuncia envolvidos em fraude no projeto “São João do Maranhão”

0

Cristino Dias da Silva, Eduardo Dias Silveira e Arnóbio Lima de Carvalho foram denunciados pelo Ministério Público do Maranhão, em 16 de dezembro de 2019, pela prática de diversos crimes, dentre eles, peculato e fraude em licitações.

De acordo com a Promotoria de Justiça de Passagem Franca, as irregularidades praticadas teriam gerado um desvio de R$ 110 mil dos cofres públicos.

Um Procedimento Investigatório Criminal instaurado pelo promotor de Justiça Carlos Allan da Costa Siqueira constatou que a prestação de contas do convênio firmado entre a Associação dos Moradores dos Povoados e a Secretaria de Estado da Cultura encontra-se irregular, instaurando – se uma Tomada de Contas Especial n° 29/2015 para averiguação.

Entenda o caso

Em junho de 2010, foi celebrado um convênio entre a associação, em nome de Eduardo Dias Silveira com a Secretaria de Cultura para a realização do projeto “São João do Maranhão – A mais bonita festa popular do Brasil”, com a participação da empresa Arnóbio Lima Produções.

Eduardo Dias Silveira, morador de Passagem Franca com casas nos povoados Condave e Sambaíba, declarou que, no ano de 2010 e nos anos seguintes, assinou alguns papéis na Prefeitura de Passagem Franca, sem conhecimento e que a associação era presidida por seu tio Cristino Dias, que não realizou nenhuma festa de São João.

Contudo, foram encontrados elementos de fraude nos documentos para a prestação de serviços por parte da empresa Arnóbio Lima Produções. O proprietário da entidade, em seu depoimento ao Ministério Público, relatou que não se recorda da existência de documentos ou assinatura para a realização da festa de São João 2010; que não participou de nenhum processo licitatório em conluio com a associação; que não conhece Cristino Dias da Silva nem Eduardo Dias Silveira e que realizou eventos somente na zona urbana de Passagem Franca.

De acordo com o relatório ministerial, foi apurado com os moradores dos povoados citados que não houve nenhuma festividade junina em 2010 e que eles não sabiam nem da existência da associação de moradores.

 Pedidos

Os envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público por crimes de peculato (pena de reclusão de dois a doze anos) e fraude em processo licitatório (detenção de três a cinco anos e multa).

Pelo segundo ano seguido, maranhense Catarina Macario é eleita a melhor jogadora universitária dos EUA

0

Na primeira semana de 2020, a maranhense Catarina Macario, de 20 anos, recebeu o prêmio dado à melhor jogadora universitária dos Estados Unidos, o Hermann Trophy, pelo segundo ano consecutivo. A atleta foi destaque do time da Universidade de Stanford, o Stanford Cardinals, na conquista do título da NCAA, o campeonato universitário de futebol do país.

Catarina foi a artilheira da NCAA com 32 gols e líder de assistências, com 23. A maranhense somou 87 pontos no sistema de pontuação do torneio. A maranhense ficou a apenas um ponto do recorde histórico, que é dividido por Mia Hamm, a primeira mulher a ser eleita a melhor jogadora universitária duas vezes seguidas, e da canadense Christine Sinclair.

A atleta Catarina Macario, que é nascida em São Luís, comemorou por fazer parte do time de mulheres de Stanford. “Eu me sinto incrivelmente honrada pela oportunidade de fazer parte de um grupo tão incrível de mulheres em Stanford. Obrigado a todos vocês, minha família, amigos, colegas de time e treinadores. Seu apoio incondicional é a minha maior inspiração e um exemplo perfeito de por que eu amo este lindo jogo”, afirmou a maranhense após receber o prêmio.

O Hermann Trophy é dado desde 1967 para os homens e desde 1988 para as mulheres pelo Missouri Athletic Club, e Catarina é apenas a quinta jogadora da história a ser eleita duas vezes seguidas. A primeira a conseguir o feito, em 1992 e 1993, foi a americana Mia Hamm, bicampeã mundial (1991 e 1999) e bi olímpica (1996 e 2004) com a seleção americana e eleita duas vezes pela Fifa a melhor jogadora do mundo, nas duas primeiras edições do prêmio, em 2001 e 2002.

Leilão do Pré-Sal beneficia o Maranhão com um repasse total de R$ 549,8 milhões

0

O Governo Federal repassou, no último dia de 2019 (31), recursos provenientes do direito de exploração do excedente do leilão de lotes de duas áreas de produção de petróleo e gás na Bacia de Campos: Búzios e Itapu. A região Nordeste foi a maior contemplada. Serão destinados, no total, R$ 3,8 bilhões para os governos estaduais e municipais da região.

Segundo dados da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, a Prefeitura de São Luís recebeu, na última terça-feira (31), o montante de R$ 28.387.814,67. Inicialmente estavam previstos mais de R$ 58 milhões, mas com o fracasso do leilão realizado pelo Governo Bolsonaro, os cálculos foram rebaixados.

O Maranhão foi o segundo maior beneficiado, recebendo R$ 549,8 milhões, atrás apenas da Bahia, que recebeu R$ 861,2 milhões. Pernambuco, recebeu R$ 509,9 milhões e o Ceará foi contemplado com R$ 511,9 milhões.

Os valores destinados aos outros estados nordestinos foram distribuídos da seguinte forma: Alagoas recebeu R$ 312,1 milhões; Piauí R$ 311,4 milhões; Rio Grande do Norte R$ 292,4 milhões; Paraíba R$319,4 milhões e Sergipe R$ 224,8 milhões.

No total, foram transferidos R$ 11,73 bilhões para as contas de todos os estados e municípios do país, além do Distrito Federal, como estabelecida pela Lei nº 13.885/2019. Trata-se da maior transferência voluntária já feita pela União. Esta parcela compõe o valor de R$ 69,96 bilhões referente ao bônus de assinatura do leilão do volume excedente da cessão onerosa, realizado em 6 de novembro passado (2019), no Rio de Janeiro, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

As transferências destes recursos terão forte impacto fiscal nas contas dos estados e municípios: levando-se em conta dados de 2018, o impacto da transferência para os estados é equivalente em média à redução de 10% no déficit do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) – o regime previdenciário dos servidores públicos; ao aumento de aproximadamente 2% da receita própria ou ao aumento de 10% dos investimentos.

Já em relação aos municípios, o impacto equivale, em média, ao aumento de aproximadamente 2% da receita própria ou ao aumento de 14% dos investimentos.

Será possível aos estados e municípios optarem por reduzir seus passivos previdenciários ou por alocar mais recursos em investimentos para melhorar a prestação de serviços públicos. Um levantamento feito pelo Ministério da Economia mostra ainda que mais de 600 municípios poderiam dobrar seus investimentos (referentes aos níveis de 2018) se alocassem esses recursos para esta finalidade.

Os critérios para distribuição dos recursos para os estados e municípios foram definidos pela Lei nº 13.885/2019. Ficou determinado que 15% dos valores seriam destinados a estados e ao Distrito Federal, segundo percentuais estabelecidos.

A legislação ainda previu que 3% dos recursos seriam repassados aos estados confrontantes à plataforma continental, mar territorial ou zona econômica exclusiva onde estejam geograficamente localizadas as jazidas de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluídos. No caso específico, estes recursos foram transferidos ao estado do Rio de Janeiro, levando-se em conta a localização das áreas que foram objeto da concessão do leilão.

Por último, a lei determinou que 15% dos valores sejam transferidos aos municípios, distribuídos de acordo com os coeficientes que regem a repartição de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), conforme estabelecido pela Constituição Federal.

Além dos recursos transferidos aos estados e municípios, o montante obtido com o leilão do volume excedente da cessão onerosa (R$ 69,96 bilhões) foi ainda dividido em valores repassados à União (R$ 23,69 bilhões) e à Petrobrás (R$ R$ 34,42 bilhões) para pagamento de passivo com a empresa que já durava cinco anos e que impedia a exploração de volumes excedentes de petróleo e gás nas áreas concedidas na Bacia de Campos.

Vice-presidente do PT afirma que Flávio Dino irá compor chapa petista em 2022

0

O deputado federal e vice-presidente nacional do PT, Paulo Teixeira (SP), disse, no último dia 02 (quinta-feira), em seu Twitter, que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) “estará na nossa chapa nas próximas eleições presidenciais”. O petista ainda citou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como nomes do partido à Presidência da República.

Segundo o jornal O Estado, o governador do Maranhão está sendo disputado politicamente com vistas às eleições presidenciais de 2022. No primeiro dia do ano, o jornalista Ricardo Noblat publicou em seu blog que o apresentador Luciano Huck, da “TV Globo”, tem conversado com Dino e teria lhe oferecido a vaga de vice-presidente em sua chapa. O texto de Noblat movimentou a rede social e gerou uma série de ataques ao apresentador, inclusive de deputados ligados ao presidente Jair Bolsonaro, que já sinalizou que vai tentar a reeleição.

Dois dias depois, o Governador Flávio Dino confirmou que realmente havia se encontrado com o apresentador Luciano Huck, forte nome cotado para a possível sucessão de Jair Bolsonaro. Através de entrevista, o governador do Maranhão afirmou que o encontro aconteceu em dezembro do ano passado.

“Fui a um evento na Casa das Garças, na Gávea-RJ, a convite do ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, e, após esse evento, conversei com o Luciano Huck. Conversamos sobre o Brasil, sobre outras questões de interesse nacional, mas nada especificamente sobre eleições de 2022, mesmo porque ainda não é o momento para essa discussão”, expressou Flávio Dino.

O encontro e a afirmação de que Flávio Dino irá compor a chapa do PT em 2022 tiveram bastante repercussão. Paulo Teixeira, vice-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) evidenciou esse impacto e afirmou nas redes sociais que “com Lula ou com Hadad, Flávio Dino estará na nossa chapa nas próximas eleições presidenciais”.

Quantidade de feriados em 2020 preocupa comércio no Maranhão

0

O número de feriados prolongados de 2020 preocupa o comércio lojista do Maranhão. Ao todo, o estado deve ter 18 feriados entre estaduais e nacionais, sendo que seis serão prolongados e devem cair durante a semana.

De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) R$ 11 bilhões devem deixar de ser faturados em todo o país por conta dos feriados. Por conta disso, o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Maranhão (Sindilojas) afirma que vai realizar alguns acordos com sindicatos para alterar o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais durante as datas.

“Negociar. Vamos negociar com os sindicatos, pagar horas extras para os nossos funcionários, dar folga se for o caso, mas o importante é manter o comércio aberto a fim de que a gente possa bater nossas metas e cumprir nossas obrigações”, explica Ivan Ferreira, presidente do Sindilojas.

Em Caxias, município localizado a 360 km de São Luís, serão 18 feriados entre municipais, estaduais e nacionais. As opiniões sobre a aprovação ou desaprovação da quantidade de feriados de 2020 divide opiniões entre os moradores da cidade.

Para a autônoma Thiane da Silva, as datas são uma oportunidade para passar mais tempo com familiares e amigos. “Ah, quem não gosta de um feriado né? O feriado é o dia que a gente tira para curtir a família, os amigos e a gente sai para descansar”, disse.

Já o aposentado maranhense Nonato Freitas afirma que não concorda com quantidade de feriados prolongados e acredita que isso faz com que a população fique mal acostumada. “Eu acho que infelizmente o brasileiro tá muito mal acostumado a ter feriado demais, né? Tem muito feriado para qualquer coisa só para um ano. Eu já estou aposentado mesmo, não preciso dos feriados, mas é o Brasil né? Fazer o que”, concluiu.

Feriados Nacionais

O ano de 2020 promete mais dias de descanso do que 2019. Dos 12 feriados nacionais, 11 caem em dias de semana e dez podem ser emendados com sábados e domingos.

As exceções aos feriados colados ao fim de semana são 1º de janeiro (Confraternização Universal), que caiu em uma quarta-feira; 21 de abril (Tiradentes), que será em uma terça-feira e o Corpus Christi (11 de junho), que sempre cai às quintas-feiras 60 dias após a Páscoa.

Páscoa e carnaval são feriados alongados em todos anos. A Paixão de Cristo (sexta-feira) será no dia 10 de abril. A segunda-feira e a terça-feira de carnaval cairão nos dias 24 e 25 de fevereiro, respectivamente.

Além desses dias, os brasileiros poderão emendar com o fim de semana o Dia do Trabalho (1º de maio) que cai numa sexta-feira, assim como o Natal (25 de dezembro).

Para quem não gosta das segundas-feiras, a boa notícia é que os feriados da Independência do Brasil (7 de setembro), de Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e de finados (2 de novembro) cairão nesse dia da semana.

O ano que começa é ano bissexto e, portanto, tem um dia a mais, mas esse não descontará as folgas proporcionadas pelos feriados nos dias de semana. O dia 29 de fevereiro cairá em um sábado.

Confira abaixo a relação dos feriados para 2020:

Feriados de 2020

Após execução de agente penitenciário em São Luís, categoria emite carta pública expondo as precárias condições de trabalho

0
Categoria penitenciária publica carta expondo precárias condições de trabalho

Na manhã da última sexta-feira (3), um agente penitenciário, identificado apenas como Carlos, foi executado em frente ao Banco do Brasil localizado na Cohab, em São Luís.

O funcionário público estava na fachada da agência bancária quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta. Um dele já chegou atirando contra o agente.

O agente chegou a ser socorrido, já sangrando muito, e levado ao Socorrão II. Mas não resistiu e acabou morrendo.

Esta é a segunda execução de um membro do sistema penitenciário do Maranhão em menos de uma semana. No dia 29 de dezembro de 2019, o auxiliar penitenciário Antônio Duarte também foi assassinado a tiros, em frente a sua casa, na Vila Mauro Fecury II localizada em São Luís.

Após a execução de mais um auxiliar penitenciário, na última sexta-feira (3), a categoria se reuniu e lançou uma carta pública à sociedade maranhense. No documento, eles detalham as precárias condições de trabalho, denunciam assédio moral, ameaças de presos e relatam a tensão que é, todos os dias, ir ou voltar para o trabalho.

Auxiliar penitenciário é morto a tiros em dezembro de 2019

Confira a Carta na íntegra:

CARTA DOS SERVIDORES CONTRATADOS DO SISTEMA PRISIONAL DO MARANHÃO.

Nós somos contratados, temos matrícula estadual, mas somos constantemente ameaçados de exoneração, 3 faltas por exemplo nos exoneram e saímos sem direito algum, já que o contrato é sem CLT. Auxiliares Penitenciários são os “ponta de lança” entram em celas, algemam e fazem a condução da pior raça que existe na face desta Terra, isto é, os “vítimas da sociedade” segundo os direitos humanos.

Pagamos nosso fardamento que custa: Auxiliares Penitenciários R$ 570,00, Agentes Penitenciários 1.140,96 reais e somos cobrados a prestar conta do valor INTEGRAL todos os dias, porém, o auxílio fardamento para os Agente e Auxiliares temporários é pago em parcelas, ou seja, a SEAP restituirá o dinheiro do fardamento, em 12 vezes de 57,00 reais para Auxiliares e 95,08 reais para Agentes.

Ameaças dos internos contra nós servidores é constante, e com isso, a nossa paz vai acabando, vida social não existe mais, vivemos em constante tensão, e não temos nenhum apoio da secretaria. Tuberculose é rotina, servidores afastados são dezenas, com doenças psicológicas do tipo, depressão, síndrome do pânico e outras.

O local é insalubre, porém, nós temporários não temos direito a insalubridade, não temos direito a risco de vida e adicional noturno, nós servidores desta categoria somos impedidos de utilizarmos armamento fora do nosso ambiente de trabalho e com isso, ficamos refém da criminalidade.

No caminho de ida ao trabalho e retorno para casa, o que nos resta é contar com a sorte, ou seja, orar para que não sejamos reconhecidos por uma dessas “vítimas da sociedade” beneficiados pela saída temporária, pois eles sempre andam fortemente armados, mas nós, representantes do Estado, não recebemos sequer uma agulha da SEAP, para nos defendermos dos vários ataques que estamos sofrendo, primeiro foi a tentativa de homicídio do Auxiliar Anderson Bernardes no final do ano passado e agora em um intervalo de sete dias, ceifaram covardemente a vida dos Auxiliares Penitenciários Carlos Augusto e Antônio Magno.

Se esquecemos algo, pedimos perdão, pois hoje o nosso coração está sangrando em decorrência das mortes prematuras dos nossos irmãos de farda. Queremos justiça, melhores condições de trabalho, um melhor salário, pois já se fazem mais de 4 anos que não se tem um reajuste, pedimos uma posição dos governantes urgentemente.

Atenciosamente, Agentes e Auxiliares Temporários do Maranhão.