O deputado federal do Maranhão, Hildo Rocha (MDB-MA), foi bastante elogiado pelo presidente da comissão de Relações Exteriores da Câmara Federal, deputado Eduardo Bolsonaro por sua atuação como relator do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) assinado entre o Brasil e os Estados Unidos.

O acordo segundo o presidente da comissão possibilitará a garantia de lançamento de foguetes e satélites americanos no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), um dos municípios mais pobres do Brasil localizado no litoral do estado do Maranhão, governado pelo maior desafeto político do presidente Jair Bolsonaro, o governador comunista Flavio Dino

O relatório da lavra do deputado Hildo Rocha, foi fundamental para aprovação da matéria que agora seguirá para votação no Senado Federal, cujo relato caberá ao senador maranhense Roberto Rocha do PSDB.

De acordo com o deputado maranhense, o acordo é para dar a devida garantia ao governo estadunidense que sua tecnologia não seja copiada ilegalmente. Ele não vê risco de perda de soberania do Brasil e acredita que com a aprovação no Senado o Brasil entrará no restrito mercado de lançamento de foguetes e satélites para outros países.

O deputado afirmou que o Centro de Lançamento também poderá lançar satélites e foguetes de outros países.

Na oportunidade, o deputado Eduardo Bolsonaro criticou a imprensa dizendo que tudo de bom que acontece no país entra na cota dos ministros da justiça e da economia e que para Bolsonaro só restam as críticas (veja no vídeo)

Segundo políticos ligados ao núcleo duro do presidente Jair Bolsonaro, o deputado Hildo Rocha se habilitou para fazer parte núcleo de apoio do presidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui