O delegado Ney Anderson declarou no dia 02 de julho de 2019, em depoimento à Comissão de Segurança Pública e Crime Organizado da Câmara dos Deputados, que o vereador Astro de Ogum (PL), era alvo de investigação por parte da Secretaria de Segurança Pública, a pedido de Jefferson Portela.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (12), com a prisão do vice-presidente da Câmara de Vereadores de São Luís, após meses de investigações da SEIC.

Astro de Ogum e mais dois assessores foram presos nesta quinta-feira (12), na residência do vereador no bairro do Olho d´Agua.

Fonte: Diego Emir

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui