O médico médico Abdon Murad Júnior, apontado como chefe de uma gigantesca pirâmide financeira, vai ficar cara a cara com Pedro Henrique Souza de Sampaio, também apontado como criador de outra pirâmide em São Luís-MA.

Ambos serão ouvidos numa oitiva que foi marcada para o dia 29 de outubro deste ano, às 16 horas na sala da Corregedoria-Geral da Justiça no Fórum Desembargador Sarney Costa, na capital.

A oitiva será conduzida pelo corregedor-geral do Tribunal de Justiça, desembargador Marcelo Carvalho, ou pelo juiz auxiliar da Corregedoria, Raimundo Moraes Bogéa.

Dono da Abdon Murad Júnior Participações e Empreendimentos Imbobiliários, o médico responde processo criminal por estelionato na 3ª Vara Criminal. Além disso, Abdon responde a diversos processos por pessoas que foram lesadas com a promessa de que ganhariam grandes vantagens financeiras.

Da mesma forma é Pedro Henrique, dono da PH Participações. Ele também é acusado de enganar várias pessoas com a promessa de dobrar o dinheiro das vítimas. O projeto milagroso de PH tinha ganhos na ordem de 50 a 100% ao mês.

O caso vendo sendo investigado pela Delegacia de Defraudações.

Ao que parece, o cerco vem se fechando para Abdon Murad Júnior e Pedro Henrique Souza de Sampaio.

Informações: Blog do Luis Pablo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui