A Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado federal Capitão Augusto (PL-SP), ouvirá em São Luís o procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho.

O requerimento aprovando a oitiva – que ocorrerá no dia 7 de novembro – foi apresentado pelo deputado federal Aluisio Mendes (PSC-MA).

O objetivo é obter informações sobre como anda a apuração da denúncia de espionagem contra o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela (PCdoB).

O titular da SSP tem sido acusado pelos delegados Ney Anderson Gaspar e Tiago Bardal de ter determinado grampos ilegais contra desembargadores e políticos maranhenses.  Ele nega. “Não apontaram nenhum ato praticado por mim”, disse o secretário ao Blog do Gilberto Léda, no início do ano.

Além do PGJ, a Comissão ouvirá, na sede da Polícia Federal no Maranhão, o próprio Ney Anderson e o ex-delegado Tiago Bardal, no dia 8 de novembro, às 9h. No caso deste, foi encaminhada solicitação ao juiz da 1ª Vara Criminal de São Luís, Ronaldo Maciel, para garantir o deslocamento do delegado para a sede da PF.

“Ciente de que o convidado se encontra preso, solicitamos, com a máxima urgência, tendo em vista a exiguidade do prazo, autorização de V. Exa. para que o preso acima citado possa se deslocar do local da respectiva prisão para as dependências da sede da Polícia Federal em São Luís, sob a escolta da Polícia Federal, garantindo-se assim que seja ouvido, nos termos da lei”, diz trecho da solicitação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui