O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdpoB), compartilhou há pouco reportagem do UOL Notícias dando conta de que uma das promotoras do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) que participou de entrevista à imprensa ontem (30) sobre o Caso Marielle Franco foi entusiasta da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República no ano passado.

Segundo a reportagem, imagens que circulam nas redes sociais na manhã de hoje (31) mostram envolvimento de Carmen Eliza Bastos com a campanha. “Há anos que não me sinto tão emocionada”, escreveu em 1º de janeiro, dia da posse do presidente (leia mais). Ela também aparece em foto com camisa do então candidato do PSL.

Dino retuitou o link do site de notícias.

A matéria tem sido utilizada por membros da esquerda como forma de tentar contestar a conclusão do MP sobre o envolvimento de Bolsonaro no caso.

Segundo o órgão, após perícia técnica em áudios ficou comprovado que porteiro que citou o presidente da República em seu depoimento deu uma informação falsa (reveja).

Fonte: Blog do Léda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui