Em um verdadeiro ato de má-fé, o deputado estadual Fernando Pessoa (SDD), no melhor estilo “cara dura”, copiou o projeto de lei Anticorte de Duarte Júnior (PCdoB) e enviou para o Senado Federal. Vale lembrar, que a Assembleia Legislativa rejeitou a proposta na semana passada, após ser julgada inconstitucional a medida que traria benefícios a população, principalmente aos mais humildes.

O projeto de lei anticorte prevê que serviços básicos(água, energia e telefone) não possam ser cortados às vésperas de feriado e também de finais de semana, uma vez que quando ocorre isso, o contribuinte acaba ficando sem tempo hábil para recuperação imediata dos serviços.

O projeto copiado por Fernando Pessoa teve o apoio de Rafael Leitoa (PDT), do presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Neto Evangelista (DEM) e os deputados Yglésio (PDT), Antônio Pereira (DEM), César Pires (PV) e Wendel Lages (PMN).

Fica evidente que o projeto de lei anticorte não foi aprovado por uma clara perseguição dos deputados contra Duarte Júnior, mas na verdade os mais prejudicados foram os contribuintes maranhenses mais humildes.

Quanto a Fernando Pessoa, que foi eleito na base da força política do seu cunhado, o prefeito de Barra do Corda, Eric Costa (PCdoB), fica o papel ridículo de copiar um projeto idealizado por outro colega parlamentar. Para ser menos vergonhoso, o pré-candidato a prefeito de Tuntum deveria ao menos oferecer os créditos a Duarte Júnior ou propor que o próprio enviasse a medida ao Senado Federal.

Fonte: Diego Emir

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui