O blog do John Cutrim divulgou mais cedo, com exclusividade, a lista das 137 prefeituras investigadas pela PF e pelo MPF sob suspeita de usar “alunos fantasmas” para inchar os dados do censo escolar e conseguir mais recursos do governo federal.

Segundo reportagem do Fantástico, o golpe é aplicado de duas maneiras: numa delas, os dados de pessoas reais são usados clandestinamente. Outra fraude é a criação de alunos fantasmas.

Entre as prefeituras citadas, está até a de São Luís.

Veja acima, em amarelo, os municípios suspeitos de praticar o esquema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui