O vereador Raimundo Penha (PDT) encaminhou ao Blog do Gilberto Léda, na noite de ontem (5), nota oficial sobre o surgimento do nome dele entre os que destinaram emendas ao Instituto Periferia, um dos alvos da Polícia Civil e do Gaeco no bojo da “Operação Faz de Conta” (saiba mais).

O parlamentar confirma que encaminhou o recurso à entidade, mas nega que tenha qualquer participação em esquema.

O pedetista diz que não tinha conhecimento de irregularidades no instituto que, segundo ele, já prestou serviços até ao Governo do Maranhão, por meio do projeto Rua Digna.

“Segundo o que foi divulgado pelo Ministério Público, a operação realizada nesta terça-feira ocorreu em função da referida entidade ter supostamente fraudado uma certidão. Particularmente, não detinha esta informação. Ademais, pelo que tenho conhecimento, a referida entidade já prestava serviços nesta área, inclusive para o Governo do Estado, através do projeto Rua Digna”, diz o vereador.

Leia abaixo a íntegra do comunicado.

Indiquei, em 2018, R$ 50 mil, oriundo de emenda parlamentar de minha autoria, ao Instituto Periferia para apoiar o Arraial da Cidade Operária, assim como outros Arraiais Comunitários realizados em São Luís. Tal ação, vale destacar, foi cumprida.

A indicação foi promovida devido ao fato do Conselho Comunitário do referido bairro não dispor, à época, dos documentos necessários para recebimento dos recursos.

Segundo o que foi divulgado pelo Ministério Público, a operação realizada nesta terça-feira ocorreu em função da referida entidade ter supostamente fraudado uma certidão.

Particularmente, não detinha esta informação. Ademais, pelo que tenho conhecimento, a referida entidade já prestava serviços nesta área, inclusive para o Governo do Estado, através do projeto Rua Digna.

Tenho trabalhado indicações de emendas para várias outras ações, executadas por órgãos públicos e entidades privadas, cujos recursos foram ou serão empregados nos setores da saúde, educação e segurança pública.

São exemplos disso a aquisição de viatura para o Primeiro Batalhão da Polícia Militar (já feita); Reforma da UEB Emir Justino (já feita); Reforma e climatização da UEB Mário Andreazza (aguardando liberação); e Reforma do Caisi (aguardando liberação).

Pauto e continuarei pautando meu mandato no respeito com a coisa pública e total compromisso com o povo de São Luís.

Raimundo Penha
Vereador

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui