Após reunião com Jair Bolsonaro na última segunda-feira (20), no Rio de Janeiro, a atriz Regina Duarte aceitou o convite feito pelo presidente para a Secretaria de Cultura do governo federal. A decisão foi confirmada por membros da classe artística.

Nesta terça-feira (21), a atriz afirmou que está de “corpo e alma” com o atual governo e assegurou que dará o seu “melhor pela causa da nossa Cultura”. Ela ainda não aceitou formalmente o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Especial da Cultura.

Regina Duarte fez publicações sobre o convite em sua conta numa rede social. Ela foi convidada por Bolsonaro para assumir a secretaria no lugar do dramaturgo Rodrigo Alvim, demitido após a repercussão negativa de um discurso com frases semelhantes às usadas por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda do governo de Adolph Hitler, na Alemanha nazista.

Nas publicações na rede social, a atriz disse que aceitou um “período de noivado” com o governo Bolsonaro. “Tô de corpo e alma com esse governo, vcs já sabem, apaixonada como sempre pelo meu país, louca pra contribuir com a produção da alegria e felicidade geral… me entrego ao que Deus e o Destino reservam pra mim, muito grata pela confiança de todos. Vou, como sempre tenho feito, dar o meu melhor pela causa da nossa Cultura”, publicou a atriz.

Após a reunião da segunda-feira (20), o Palácio do Planalto confirmou que Regina irá a Brasília na quarta-feira (22) para conhecer a estrutura da Secretaria Especial de Cultura – mas não cravou que ela assumirá o cargo. O comunicado do Planalto diz: “Após conversa produtiva com o presidente Jair Bolsonaro, Regina Duarte estará em Brasília na próxima quarta-feira, 22, para conhecer a Secretaria Especial de Cultura do governo federal. ‘Estamos noivando’, disse a artista após o encontro ocorrido nesta tarde no Rio de Janeiro.”

Jair Bolsonaro, ministro Luiz Eduardo Ramos e Regina Duarte durante reunião

A Secretaria da Cultura herdou as atividades do antigo Ministério da Cultura, extinto pelo presidente no início de seu governo. A secretaria fazia parte da estrutura do Ministério da Cidadania e migrou em novembro para a pasta do Turismo. Até o momento, o governo teve três secretário de Cultura.

Globo se manifesta

Em nota, a TV Globo informou que: “A atriz Regina Duarte tem contrato vigente com a Globo e sabe que, se optar por assumir cargo público, deve pedir a suspensão de seu vínculo com a empresa, como impõe a nossa política interna, de conhecimento de todos os seus colaboradores.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui