O Senado dos Estados Unidos absolveu, na última quarta-feira (5), o presidente Donald Trump da acusação de abuso de poder depois de um julgamento histórico de impeachment que durou duas semanas.

O Senado de maioria republicana votou por 52 a 48 para absolver Trump da acusação de que reteve ajuda militar à Ucrânia para pressionar Kiev a investigar seu rival político Joe Biden, que pode ser seu rival na disputa presidencial deste ano.

Trump foi denunciado ao Congresso pela maioria democrata da Câmara de Representantes por abuso de poder e obstrução em dezembro do último ano. O processo teve quase três semanas de audiências.

O processo de impeachment reforçou a polarização partidária nos EUA: enquanto a Câmara, de maioria democrata (oposição), defendeu a saída do presidente, o Senado, de maioria republicana (partido de Trump), o absolveu.

Trump era acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui