A Prefeitura de São Luís anunciou na noite da última sexta-feira (14) que iria reajustar em R$ 0,30 centavos os valores das tarifas de ônibus do sistema de transporte urbano em São Luís.

Com o reajuste, o valor das linhas integradas passou de R$ 3,40 para R$ 3,70 e as linhas não integradas de R$ 2,95 para R$ 3,20.

A mudança começou a valer a partir da 0h do último domingo (16). O reajuste atingiu mais de 550 mil pessoas que são usuárias do transporte público todos os dias em São Luís.

O Sistema de Transporte Urbano da capital é composto por 174 linhas, sendo 149 integradas e 25 não integradas, que atendem cerca de 550 mil usuários/dia.

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), as recargas realizadas antes do reajuste nos cartões estudantis, de Vale Transporte e do Bilhete Único terão validade até o dia 16 de março deste ano.

Justiça havia derrubado decisão que previa aumento das passagens

Na Semana passada, o pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão havia suspendido, em definitivo, decisão proferida em agravo de instrumento que poderia resultar em aumento no valor das passagens de ônibus em São Luís.

O consórcio VIA SL – formado pelas empresas de ônibus – ajuizou uma ação na 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Grande Ilha de São Luís pleiteando que o Município de São Luís calculasse as receitas tarifárias do Sistema de Transporte Coletivo Municipal e as e distribuísse entre os concessionários do serviço para compensar eventuais prejuízos.

Mas o recurso foi derrubado pelo relator do mandado de segurança, desembargador Raimundo Nonato Magalhães Melo, que ressaltou a necessidade de se suspender a decisão tendo em vista que, caso fosse mantida, era fácil concluir que os empresários do setor de transporte público pressionariam o Município de São Luís a aumentar os valores das tarifas, e, por via de consequência, repassá-lo à já sofrida população ludovicense utilizadora desse serviço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui