Um homem de 39 anos foi preso na última sexta-feira (14), após denúncia de maus-tratos contra a própria mãe em Planaltina, no Distrito Federal. De acordo com informações da Polícia Civil, a idosa de 74 anos vivia em um quarto escuro e sujo da residência.

Policiais da 16ª DP foram ao local após receberem denúncia anônima. Eles constataram que a mulher era mantida em um cômodo escuro, deitada em um colchonete, apenas de fralda geriátrica, com água e comida servidos em potes e em um ambiente sujo.

Havia vômito espalhado pelo local, inclusive no corpo da mulher. Diante da condição desumana em que a vítima era mantida, o filho foi autuado na Lei Maria da Penha.

O homem chegou a ser detido, mas após pagamento de fiança no valor de R$ 5 mil foi liberado da 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

O Corpo de Bombeiros prestou socorro à vítima e a mulher ficou internada no hospital devido ao seu estado debilitado de saúde e desnutrição. O serviço social da unidade de saúde está acompanhando o caso.

“Ele (o filho) alegou que cuidava bem da mãe e que ela se machucava e derrubava a comida sozinha”, disse o delegado Diogo Cavalcante, da 16ªDP.

O caso emocionou até mesmo os policiais e bombeiros que participaram do resgate.

O caso chocou a própria equipe que atendeu a denúncia

Lei Maria da Penha

A Lei Maria da Penha (lei nº 11.340/06) é uma lei criada para reprimir a violência familiar ou doméstica contra as mulheres. A lei trouxe regulamentações específicas em relação à punição e tratamento da da violência doméstica e familiar.

A Lei Maria da Penha pode ser aplicada para qualquer mulher que seja vítima de abusos ou agressões e que esteja em condição de fragilidade em relação ao seu agressor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui