Nos últimos dias o deputado estadual Duarte Jr (Republicanos) teve uma série de conteúdos vazados nas redes sociais, onde mostram comportamentos preconceituosos e que contrariam totalmente a postura sustentada pelo parlamentar até então.

Em um dos áudios, o deputado Duarte Jr, então presidente do Procon, age de forma grosseira com um dos internautas que cobrava sobre a péssima fiscalização dos serviços realizados pela Caema no município de Imperatriz.

Após insistentes cobranças do internauta identificado como Josué Carneiro, Duarte Júnior resolve responder de forma privada ao cidadão: “Meu amigo, seria interessante você falar diretamente com o presidente da Caema”.

Internauta cobra Procon nas redes sociais

Já no grupo de amigos e servidores do Procon, Duarte comemora ao relatar que respondeu diretamente ao internauta, e conclui de forma homofóbica e grosseira.

“Mandei uma resposta finalmente para esse Josué Carneiro que fica, ‘não sei o que Caema, não sei o que Caema, não sei o que Caema’ ‘meu amigo, seria bom você falar diretamente com o presidente da Caema’, Porra, seu viado safado”, expõe o desprezível áudio do parlamentar.

A conduta do pré-candidato à prefeito de São Luís revela, além da covardia de fiscalizar a Caema, a forma homofóbica como trata um cidadão que só queria que o Procon exercesse seu papel.

Dr. Yglésio “traduz” Duarte Jr

O deputado estadual e pré-candidato à prefeito de São Luís, Dr. Yglésio (PROS), usou sua criatividade para “revelar as duas facetas” do deputado estadual e também pré-candidato à prefeito, Duarte Júnior (Republicanos).

Sem citar o nome do ex-presidente do Procon, o médico mostrou as formas opostas como Duarte se comporta no Instagram e no Telegram, uma espécie de tradução, já que para quem acompanha Duarte no Instagram, os áudios vazados do Telegram são fatos novos, mostrando um outro Duarte Jr que pouca gente conhecia.

Dr. Yglésio “traduzindo” Duarte Jr

Duarte Jr e suas condutas desprezíveis

Um outro áudio divulgado na internado mostra o que  supostamente acontecia longe dos olhos do eleitor.

Diferente da imagem doce e educada de novo político que o então candidato a deputado estadual Duarte Júnior tentava e tenta passar ao eleitor ludovicense, o que se vê é um político asqueroso, que despreza servidores e colaboradores.

Na gravação, vazada por um suposto servidor integrante do grupo de app “Os Vingadores” que não aguentava mais a pressão de Duarte Júnior, é possível notar nitidamente um caso de assédio moral e o desprezível comportamento do ex-presidente do Procon a outro servidor, que ele chama de Thiago, e que pode ser o responsável pelos memes criados para atacar companheiros de parlamento.

“Eu mandei faz mil anos tirar a porra da cena que eu tô na Unidade (do Procon), cumprimentando servidor. Agora tú, Thiago, fica leso aí e não presta atenção no que eu falo. Eu ia postar essa bosta agora. Altera essa cocota aí cacete. Por favor. Porraaa.”, revela o suposto áudio de Duarte Jr.

Já um vídeo, também divulgado na internet, expõe o comportamento preconceituoso do parlamentar em relação a AIDS.

Duarte e seu assessor “tiram onda” com um assunto muito sério, que deveria ser tratado de maneira respeitosa e até educativa por um parlamentar que detém quase 100 mil seguidores no instragam.

Na gravação feita pelo próprio Duarte, o  deputado lê, o que aparentemente parece ser um resultado de exame de HIV do seu assessor e logo em seguida, em uma brincadeira de péssimo gosto, sugere que o auxiliar tenha lido o resultado errado, afirmando que ele “tem Aids” e como se jogasse o celular com nojo e preconceito, diz que vai sair do carro.

Duarte Jr e assessor

Dados preocupantes

O Maranhão ocupa o 1º lugar no ranking da taxa de mortalidade por Aids, segundo dados do Ministério da Saúde atualizados em 2018.  Desses números, 45,3% estão na região metropolitana de São Luís.

O comportamento desprezível de Duarte com um assunto tão sério é o oposto de Francisco Garcia, jovem maranhense com mais de 267 mil seguidores, portador de HIV e que dá palestras motivadoras.

Nas redes sociais, Francisco Garcia repudiou a conduta reprovável de Duarte. “Assistir a uma cena igual a essa é no mínimo lamentável pra mim que fui diagnosticado com Aids e hoje vivo com HIV”. Garcia relembrou ainda que já esteve com Duarte, apresentou seu projeto social e chegou a postar o acolhimento do jovem parlamentar.

Duarte se defende

Após dias de vazamentos de uma série de vazamentos de áudios e imagens em que supostamente aparece tripudiando de eleitores e cometendo atos de preconceito, o deputado estadual Duarte Jr (Republicanos) usou suas redes sociais para denunciar um esquema de “chantagem”.

O deputado negou a veracidade das peças e se disse alvo que as denúncias contra ele são motivadas por sua predisposição a disputar a Prefeitura de São Luís nas eleições de outubro.

Duarte se defende nas redes sociais

Os áudios, pelo menos aparentemente, foram gravados e divulgados em grupos de whatsapp fechados durante a campanha de 2018.

Prezamos pela verdade

O Machado do Maranhão ressalta que está a serviço da população, levando informação sobre o estado e trabalhando sempre para manter a verdade sobre os fatos. Prezamos pelo diálogo e deixamos aberto aqui o espaço para que o deputado estadual Duarte Jr possa se manifestar acerca dos ocorridos, afim de esclarecer e se retratar com a sociedade maranhense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui