Na manhã desta segunda-feira (2), o prefeito Domingos Dutra (PCdoB) retornou a gestão do município de Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís, após longo período afastado por conta de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Dutra estava passando por tratamento com fonoaudiólogos em São Paulo e reassume, segundo assessores, com a missão de recolar a casa em ordem e somente num segundo momento, depois de avaliações, é que decidirá se disputará ou não a reeleição.

Desde que se afastou da prefeitura, em junho de 2019, o município vinha sendo comandado pela vice-prefeita Paula da Pindoba, acusada de promover um verdadeira desmonte da máquina administrativa.

Dutra chegou à prefeitura acompanhado da esposa Núbia Dutra por volta das 7h desta segunda-feira (2), sendo recebido ao som da música evangélica cantada por ele durante a campanha que o elegeu “Já deu tudo certo”, numa referência à cura da enfermidade que o afastou do cargo.

Lúcido e com os movimentos recuperados, o retorno do prefeito ao comando de Paço de Lumiar representa, caso ele esteja apto a enfrentar a maratona da campanha, o provável fim da candidatura da vice, que já havia anunciado a pré-candidatura, mesmo estando apenas interina no cargo.

Primeiras medidas após retorno

O primeiro ato, após o retorno do prefeito Domingos Dutra para o comando do município, foi a exoneração do secretário municipal de educação, Marcos Ferreira.

Ele havia sido nomeado pela então prefeita interina, Paula da Pindoba, com indicação expressa do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Caxias, Adelmo Soares Paulo.

Marcos Ferreira havia apoiado Adelmo nas eleições de 2018 em Paço do Lumiar e em Ribamar.

Exoneração assinada por Domingos Dutra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui