Com a pandemia do novo coronavírus, o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemomar) segue com dificuldades para manter o estoque de bolsas de sangue acima do ideal, que são 300 bolsas diárias.

Por isso, além das medidas de higiene adequadas, o centro vai disponibilizar o transporte para facilitar a ida de doadores de um ponto marcado ao Hemomar e o retorno ao local.

De acordo com a coordenadora de captação do Hemomar, Frassinete dos Santos Araújo, as doações podem ser agendadas por mensagem de WhatsApp (98) 99162-3334.

“A gente sabe que está sendo tudo tratado com delicadeza, muita apreensão, muitas dúvidas, mas, a doação de sangue não pode parar. A gente pede para as pessoas que estão saudáveis que se dirijam para fazer suas doações. Via esse número de whatsApp, a pessoa pode agendar a doação”, ressalta.

Nos próximos dias, o Hemomar deve instalar tendas ao ar livre para não acumular candidatos em espaços fechados. Também está sendo feita uma triagem (entrevista) para identificação de casos suspeitos de Covid-19 entre os candidatos doadores, como histórico de viagem nacional e internacional nas últimas duas semanas e presença de sintomas respiratórios.

“Não vamos deixar de fazer esse gesto de solidariedade. Ainda não existe nada que substitua uma transfusão de sangue. É um período crítico, mas as casas oncológicas continuam necessitando de sangue, nossas emergências, e a gente precisa manter um estoque razoável para atender a essa demanda hospitalar”, destacou Frassinete dos Santos Araújo.

Para fazer a doação a pessoa precisa estar saudável, pesar acima de 50 quilos, estar alimentada, levar um documento oficial com foto e não ingerir alimentos gordurosos nas horas que antecedem a doação.

Quem tem 16, 17 anos também pode se dirigir ao Hemomar, desde que acompanhado do pai ou da mãe ou de um responsável legal que possa assinar um documento de autorização.

Hemomar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui