O governador Flávio Dino informou que está preparado para o pior, caso aumente significativamente os casos de covid-19 em São Luís. Segundo ele, um decreto de fechamento total de atividades já está pronto e será usado se a ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) chegar a 80%.

De acordo com o governador, essa medida radical é prevista para ser tomada na região metropolitana de São Luís. Atualmente, 95% dos casos confirmados no Estado se concentram nesta área, com cerca de 1,5 milhão de habitantes.

A rede estadual básica de saúde do Maranhão tem 400 leitos de UTI, sendo 132 exclusivos para o novo coronavírus. Nessa terça-feira (21), o governo alugou 200 leitos para atender pacientes de Covid-19 no Maranhão e nas últimas semanas comprou 207 respiradores.

Na região metropolitana, os moradores estão atualmente com restrições brandas de isolamento social. As atividades essenciais continuam funcionando e as demais estão paradas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui