Neste dia 7 de maio faz um mês que foi lançado o aplicativo de cadastro para receber o auxilio emergencial. Porem, milhões de brasileiros ainda não receberam uma resposta sobre o benefício dos R$600 que seria distribuído durante a pandemia.

De acordo com os números divulgados, 19 milhões de brasileiros estão na fila de espera. 51,1 milhões de brasileiros pediram os R$ 600 no aplicativo ou site. Mas, 6 milhões desses brasileiros ainda não tiveram o cadastro avaliado e mais cerca de 12 ou 13 milhões tiveram o cadastro classificado como inconclusivo e, por isso, estão passando por uma reavaliação cadastral.

“Ninguém será deixado para trás”

Diante de queixas como essas, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, foi ao Twitter, nessa quarta-feira (6) tentar tranquilizar essas pessoas. Onyx garantiu que todos que têm direito serão atendidos e afirmou que a determinação do presidente Jair Bolsonaro é de que ninguém será deixado para trás na crise do novo coronavírus.

Segunda parcela do auxílio emergencial

O ministro ainda garantiu que o governo vai apresentar, até sexta-feira (8), o calendário de pagamento da segunda parcela, que é aguardado por outros 50 milhões de brasileiros que já receberam a primeira parcela dos R$ 600, mas já aguardam a segunda rodada do benefício há 10 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui