O senador Roberto Rocha (PSDB), apresentou uma proposta para desafogar a lotação da rede pública de saúde do Maranhão. Em entrevista ao programa Passando a Limpo na terça-feira (19) da rádio Nova FM 93.1, o parlamentar sugeriu a transformação do Palácio Henrique de La Rocque em um hospital.

De acordo com o senador “é um verdadeiro absurdo, um estado pobre como o Maranhão ter dois Palácios”. Na opinião de Roberto Rocha, se ele fosse o governador do Maranhão, ele compraria o prédio onde funciona o Grand São Luís Hotel e o transformaria em um grande centro administrativo como já foi feito com o Edifício João Goulart também na Praça Dom Pedro II.

Roberto Rocha revelou que tentou alugar o Grand São Luís Hotel, através de recursos federais, para que ele fosse utilizado para receber profissionais de saúde que não tem como pagar diárias em hotéis com intuito de garantir o isolamento, evitando a propagação da doença, porém o estabelecimento comercial que chegou aceitar em um primeiro momento a proposta, acabou recusando, assim como ocorreu com o Blue Tree Hotel, que foi procurado também.

O João Goulart já abriga, as secretarias de Estado de Governo (Segov), Relações Institucionais (SRI), Esporte e Lazer (Sedel), Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), além da Casa Civil, Vice-Governadoria e Assessoria Especial do Governador. Todas essas estruturas foram retiradas do complexo que envolve o Palácio Henrique de La Rocque.

É necessário frisar que o Palácio Henrique de La Rocque é um complexo que ainda conta com os anexos Clodomir Millet e Nagib Haickel. Toda essas estrutura poderia ser utilizada para instalação de um novo hospital, moderno e acessível a toda população.

O Palácio Henrique de La Rocque foi construído no início da década de 90, ainda no governo Edison Lobão, pois naquela época o Palácio dos Leões estava em reforma e o Governo do Maranhão precisava de uma nova sede administrativa.

Vale lembrar que Roberto Rocha foi eleito senador em 2014, junto com o governador Flávio Dino (PCdoB), naquela oportunidade, a chapa defendeu a venda da Casa de Veraneio do governador. O imóvel não chegou a ser vendido, mas foi transformado em um centro de apoio a crianças com microcefalia, chamando-se Casa Ninar.

Senador Roberto Rocha (PSDB)

Atualmente, São Luís possui apenas um hospital público estadual de alta complexidade, trata-se do Hospital Carlos Macieira. As outras estruturas do Governo do Maranhão como Hospital Geral foi transformado em Hospital do Câncer.

O HSLZ é exclusivo dos servidores maranhenses. O Hospital Getúlio Vargas é exclusivo para tratamento de turbeculose e diabetes. O Hospital Nina Rodrigues é especializado no atendimento aos portadores de transtorno de saúde mental. Mas, o Governo do Maranhão está construindo um hospital na região do Turú.

Outros hospitais públicos em São Luís são o Hospital da Mulher e Socorrão I e II da rede municipal, a Santa Casa de Misericórdia que é filantrópico, assim como o Hospital Aldenora Bello. E a única unidade hospitalar federal é o Presidente Dutra, o HUUFMA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui