Milhares de pessoas lotaram o Centro Histórico no último final de semana

O fim de semana foi de intensa fiscalização nas praias da orla marítima da capital para coibir o abuso e a ocorrência de ilícitos. Batizada de Operação Harpócrates (uma referência ao Deus do silêncio na mitologia grega), a ação aconteceu no último domingo (16), realizada pelo Ministério Público Estadual e Sistema Segurança Pública do Maranhão.

De acordo com a Polícia Militar, durante a operação foram apreendidos sete veículos e os seus condutores foram conduzidos à delegacia de polícia por causarem poluição sonora.

Além desses veículos que estavam causando poluição sonora, um foi autuado, pois não estava com as placas obrigatórias, dificultando a identificação do veículo. Uma outra pessoa, que acompanhava um dos condutores de veículo apreendido, foi conduzida por desacato à autoridade.

Segundo informou o major Clodoaldo Silva, Comandante do 8º BPM, essas pessoas foram conduzidas ao posto da Polícia montado no Parque do Bom Menino, onde funcionava a Procuradoria de Justiça. Por ser um crime afiançável, eles pagaram fiança e foram liberados em seguida.

Diante das ocorrências que tem ocorrido nas praias da Grande São Luís, a PM disse que vai prosseguir com as operações direcionadas às praias do Olho d’Água, Meio e Araçagi, visando coibir tais irregularidades.

“A gente vai continuar com essa Operação para coibir esses abusos e consequentemente, estaremos evitando a aglomeração de pessoas que se forma causada pelo volume de som alto nesses locais. Esse é o intuito”, disse o major.

Participaram da operação diversos órgãos públicos como: o Ministério Público Estadual, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, SMTT e SETAN/Ribamar. A Polícia Militar participou sob o comando do major Clodoaldo, Comandante do 8º BPM, e com o apoio de policiais do 9º BPM, 20º BPM, 1ª USC, serviço de inteligência da PMMA, do Comando de Policiamento Especializado e Comando de Missões Especiais.

Ao todo participaram da operação 57 policiais militares e civis, além dos agentes de trânsito e bombeiros, o Ministério Público Estadual foi representado pelo promotor Claudio Guimarães.

Milhares de pessoas no Centro Histórico

Na última sexta-feira (14), a Praia Grande, no Centro Histórico, foi palco novamente da presença de milhares de pessoas que desprezaram o distanciamento e o uso de máscaras.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) informou que a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estão intensificando as operações de combate às aglomerações, principalmente na Grande Ilha. As ações são realizadas em estabelecimentos comerciais, entre os quais, conveniências, bares, postos de combustíveis e também na orla.

Ressalta-se que o uso da máscara em locais públicos e privados de uso coletivo e ambientes de livre acesso em todo o estado, é obrigatório no Maranhão desde 23 de abril, segundo o decreto estadual 35746, como medida não farmacológica destinada a contribuir para a contenção e prevenção da covid-19, infecção humana causada pelo Coronavírus (SARS – CoV-2).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui