Uma mulher de 32 anos sofreu queimaduras em parte do rosto e do corpo após ter sido atingida com água quente na quinta-feira (13), no município de Peritoró, localizado a 236 km de São Luís. De acordo com a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), o suspeito é o marido da vítima. Ele está foragido.

O caso só foi registrado à polícia na sexta-feira (14), um dia após o ocorrido. Em depoimento, a vítima afirmou que vinha sofrendo ameaças. As primeiras investigações apontam que o crime foi motivado por ciúmes.

Diligências estão sendo realizadas na região para tentar localizar o suspeito e uma medida protetiva de urgência foi pedida para a vítima. O caso está sob investigação.

A vítima é Dudu Coelho, vereadora no município. O principal suspeito do crime é o ex-vereador André Pinheiro.

Para a agressão covarde, André “justificou” que foi movido por uma suposta traição da vereadora.

“Foi um momento de raiva, briga. Eu descobri que ela tinha um caso com um cara de Capinzal, há mais de um ano. Eu estava cozinhando um ovo e sapequei na cara dela. Foi traição”, disse o ex-vereador em áudio que circula nas redes sociais.

Em outro áudio, André Pinheiro se disse arrependido, mas que agiu pela raiva. No entanto, traído ou não, o ex-vereador terá que pagar pelo crime que cometeu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui