Beto das Vilas é candidato a prefeitura da cidade

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu, na manhã desta quinta-feira (17), três mandados de busca e apreensão expedidos pelo juízo da Central de Inquéritos de São Luís, contra servidores da Câmara Municipal de São José de Ribamar.

Um dos mandados tinha como alvo o endereço do presidente da Casa, vereador Beto das Vilas – candidato a prefeito da cidade -, e outro um imóvel do diretor administrativo. A operação policial foi realizada pela Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor).

De acordo com a Polícia Civil, esta é a segunda fase de uma operação que investiga a prática de fraudes licitatórias e peculato, que podem ter gerado prejuízo de R$ 300 mil aos cofres públicos.

“De acordo com a investigação, os valores são decorrentes, principalmente, da contratação irregular de supostos serviços odontológicos e de assessoria em licitações. A primeira fase desta operação ocorreu em 02.06.2020, quando a Seccor realizou uma busca e apreensão na sede da Câmara Municipal de São José de Ribamar”, diz uma nota da Polícia Civil.

Ao expedir os mandados, o juiz Francisco Ferreira de Lima, da Central de Inquéritos, determinou aos investigados, ainda, a proibição de acesso/frequência da dependências da Câmara Municipal de São José de Ribamar/MA e suspensão do exercício de suas funções públicas por tempo indeterminado, sob pena de imediata decretação de prisão, no caso do descumprimento destas medidas.

Mandados de busca e apreensão ocorreram nesta quinta (07)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui