Por: Fábio Câmara

Durante todo o dia de sábado(19/06/2021), as ruas do Brasil foram ocupadas por brasileiros e brasileiras que se manifestaram contra Bolsonaro e a favor das vacinas – https://url.gratis/gjnbK3. A democracia pressupõe, entre tantas outras garantias cidadãs, a livre manifestação. Contudo, DEMOCRACIA pode até rimar com HIPOCRISIA, mas a harmonia para ambas se esgota aí!

Manifestantes contra Bolsonaro e a favor da vacina

O governo do Estado do Maranhão decretou luto oficial face à computação de 500 mil óbitos resultantes da infecção por COVID-19. Sensível e humanitário! Atitude mais do que louvável! Porém, para ser JUSTO, o ato governamental deveria vir acompanhado de um franco pedido de perdão às famílias enlutadas de maranhenses que perderam suas vidas pela falta dos respiradores que foram comprados com dinheiro do povo do Maranhão e nunca foram entregues – https://url.gratis/ownNk.  Afinal, quantas e quantos MARANHESNSES contam na conta do governo estadual?

Especificamente sobre as manifestações realizadas no Maranhão, passado o luto oficial, sob pena de PREVARICAR, o governador terá que multar e processar partidos, sindicatos e organizações da sociedade civil que promoveram aglomerações! Afinal, o decreto governamental maranhense está em pleno vigor, foi aplicado sobre a transgressão cometida pelo Presidente da República Federativa do Brasil e a constituição federal impõe tratamento isonômico a todas e todos, tanto no que concerne as benesses, quanto ao que diz respeito aos rigores da lei! Acaso há qualquer protocolo científico atestando 100% de eficácia para não contaminação por COVID-19 em caso de “uso de máscaras’ ou pelo mero empunhar faixas e bandeiras de oposição?

A manchete é: “Manifestantes fazem ato contra Bolsonaro e a favor da vacina.” A manchete também pode ser: “Manifestantes fazem ato contra o distanciamento social e a favor da contaminação.”

Mas, o governo do Maranhão não está sozinho nessas manifestações claras de hipocrisia! A Globo, que pelas vozes do Bonner e da Renata, através de um editorial, emocionaram o país, não fizeram qualquer alusão ao “FIQUE EM CASA!” E o Jornal Nacional se encerrou com um silêncio sepulcral de quem já voltou, há tempos, a gravar suas novelas e séries sem explicação para como e onde atores e atrizes na faixa dos 20 anos de idade foram vacinados(as) e MASCARANDO o fato de que seguem SONEGANDO MILHÕES que muito serviriam para promoverem, de fato e de direito, a compra de vacinas e não o HIPÓCRITA: “- Vacina sim!” #democraciasim #hipocrisianao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui