Governo diz ter obtido desconto de 25% em lote com 1,5 milhão de doses recebidas nesta terça. Vacina será a única usada na campanha que dependerá de apenas uma aplicação para gerar imunidade.

Covid-19: vacinas da Janssen chegaram perto do fim da validade

O primeiro lote com 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen compradas pelo Ministério da Saúde chegou nesta terça-feira (22) ao Brasil. Aplicado em dose única, o imunizante poderá acelerar a imunização contra a Covid-19 no país, mas deverá ser aplicado rapidamente.

As vacinas deste primeiro lote vencem, de acordo com a validade original de três meses, em 27 de junho. Porém, após decisão da agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, FDA, de ampliar o prazo para quatro meses, este lote poderá ser usado até agosto. Até a data, se todas as doses forem devidamente aplicadas, 3 milhões de brasileiros (total de doses que deve chegar neste mês) estarão totalmente imunizados.

A FDA informou que a vacina funcionou contra a variante Beta, identificada pela primeira vez na África do Sul, considerada a mais contagiosa. A proteção geral da vacina da Janssen contra a Covid-19 começou 14 dias após a aplicação.

Grávidas e crianças podem tomar a vacina?

A bula diz que a vacina pode ser aplicada em qualquer indivíduo com 18 anos ou mais, mas não é recomendada para menores desta faixa etária por não existir informação suficiente disponível sobre o uso da vacina da Janssen em crianças e adolescentes.

Quanto às grávidas ou mulheres que estejam amamentando, a bula orienta que essas mulheres consultem um médico antes de tomar a vacina.

A previsão é que o lote da Janssen comece a ser distribuído pelo Ministério da Saúde às capitais em 48 horas, ou seja, até a quinta-feira (24).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui