O combate à violência doméstica, familiar e ao feminicídio é responsabilidade de todos. Para denúncias, disque 180 ou 190.

Durante o primeiro ano da pandemia da Covid-19 o registro de ocorrências por violência doméstica aumentou no Maranhão em relação ao ano de 2019. De acordo com a Polícia Civil, nos primeiros seis meses deste ano, o estado já contabilizou 28 casos de feminicídio.

Apesar dos alertas, muitas mulheres ainda sentem dificuldade em encontrar apoio e denunciar as agressões. Por isso, veja abaixo formas de denunciar e interromper esse ciclo de violência.

O que é considerado violência contra mulher?

  • Violência física: lesar a integridade ou saúde corporal da mulher;
  • Violência psicológica: danar a saúde emocional, mental e sua liberdade de ser;
  • Violência sexual: forçar ou intimidar a mulher a uma relação sexual não desejada;
  • Violência patrimonial: reter, subtrair ou destruir bens, valores e direitos;
  • Violência moral: caluniar, difamar ou cometer injúria.

Como denunciar pelo telefone?

  • Disque 100
  • Ligue 180
  • Ligue 190

Quais núcleos ou postos você pode buscar ajuda?

  • Casa da Mulher Brasileira em São Luís – (98) 3198-0100
  • Delegacia Especial da Mulher em São Luís – (98) 3214-8649
  • Delegacia da Mulher e a Patrulha Maria da Penha – 3223-5800 (capital) e 0300-3135-800 (interior)
  • Delegacia Online
  • Em Imperatriz: (99) 99193-1717 / 99123-4638 / 99204-7925.
  • Casa da Mulher Maranhense em Imperatriz – (99) 98405-6193

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui