Por: FÁBIO CÂMARA

Começar qualquer obra a partir de cima, do teto, até é possível, porém, de engenharia questionável e tendo sempre um percentual elevadíssimo de chances de dar errado e acabar muito mal!


A candidatura chapa branca de Carlos Brandão ao governo do Estado do Maranhão, já custa muito caro ao erário público e o que já está ruim ainda vai ficar muito pior!

As quase 60 secretarias, sem contar os cargos de segundo e terceiro escalão, além de conter nessa conta as absurdas benesses “governamentais” ávidas de votos, cavam valas no orçamento já combalido mas, não para alicerçarem um plano de estado, senão somente para tirarem o chão da sustentabilidade financeira de quem não tem, sequer, um plano de governo.

Cooptar uma senadora, antes autodeclarada FIEL, um presidente de poder, intervir diretamente, inclusive nas instâncias partidárias federais para cabalar apoios de parlamentares, não é nada barato e vai custar muito mais caro nos próximos 3 meses!

Brandão iniciou uma MEGA construção por cima e esse esqueleto de obra vai desabar logo-logo!
A imagem que encabeça esse post dá provas do que significa a sabedoria de construir a partir das bases.

Quando todos os que optaram por abandonar a construção do projeto POR UM MARANHÃO MAIS FELIZ o fizerem, do lado de lá estarão mentes claramente carimbadas pelo sentido imediatista do “GANHAR”.

E esse mesmo sentimento, gritando como a velha natureza daquele escorpião, quando constatar que, mesmo em face da hercúlea operação pró máquina, o “já ganhou” ainda é FAKE, tornarão a pular do TITANIC!

Enquanto que, do lado de cá, permanecerão firmes os que optaram pelo tostão e pelo verbo em detrimento do milhão e da verba!


Flávio Dino escolheu Brandão: O senador Weverton se manteve como uma ROCHA! À frente nas pesquisas!


Othelino abandonou Weverton: Sindicatos e organizações da sociedade civil fecharam a brecha! À frente nas pesquisas!


Eliziane Gama rasgou sua palavra e compromisso de ser fiel: A fidelidade para com o projeto de construir um Maranhão mais feliz se robusteceu com FÉ! À frente nas pesquisas!


Quantos ainda vão se deixar seduzir pelas aparências, não sabemos!

O que já é sabido hoje, porém, é que, antes, “bem aventurados são aqueles que constroem na ROCHA e não sobre a areia, por mais BRANDO que pareça ser o ato de cavar!”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui