Homem é preso após agredir companheira com socos e pontapés na Grande São Luís.

Homens são presos por violência doméstica e perseguição contra mulheres no Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão

Homens são presos por violência doméstica e perseguição contra mulheres no Maranhão

Um homem de 34 anos foi preso, na tarde dessa segunda-feira (11), em flagrante, após a agredir a companheira, de 36 anos. O crime aconteceu na cidade de São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo a Polícia Civil do Maranhão, o suspeito, ingeriu bebida alcoólica e depois passou a xingar a companheira, além de a agredir com socos, pontapés e ainda tentou esganar a vítima. O motivo das agressões seria o fato de o homem estar com ciúmes de um vizinho. A mulher conseguiu fugir do agressor, depois de derrubá-lo no chão, e em seguida ela procurou as autoridades para denunciar o caso. O homem foi preso em flagrante pelos crimes de agressão física e injúria, agravados na Lei Maria da Penha.

O que é considerado violência contra mulher?

  • Violência física: lesar a integridade ou saúde corporal da mulher;
  • Violência psicológica: danar a saúde emocional, mental e sua liberdade de ser;
  • Violência sexual: forçar ou intimidar a mulher a uma relação sexual não desejada;
  • Violência patrimonial: reter, subtrair ou destruir bens, valores e direitos;
  • Violência moral: caluniar, difamar ou cometer injúria.

Como denunciar pelo telefone?

  • Disque 100
  • Ligue 180
  • Ligue 190

Quais núcleos ou postos você pode buscar ajuda?

  • Casa da Mulher Brasileira em São Luís – (98) 3198-0100
  • Delegacia Especial da Mulher em São Luís – (98) 3214-8649
  • Delegacia da Mulher e a Patrulha Maria da Penha – 3223-5800 (capital) e 0300-3135-800 (interior)
  • Delegacia online
  • Em Imperatriz: (99) 99193-1717 / 99123-4638 / 99204-7925.
  • Casa da Mulher Maranhense em Imperatriz – (99) 98405-6193

A Polícia Civil destaca que, caso um cidadão queira fazer alguma denúncia, ele pode enviar as informações por meio do WhatsApp (98) 99108-1952. É garantindo o sigilo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui